Por ser lésbica, atriz sofre preconceito dentro de avião

Por ser lésbica, atriz sofre preconceito dentro de avião

A atriz espera agora um reembolso e que uma retratação pública seja feita pela companhia.

A atriz Leisha Hailey, que estrelou o seriado The L Word, que abordava o universo lésbico, disse que foi expulsa de um voo por conta de sua orientação sexual, e afirmou que a companhia área Southwest Airlines "odeia" homossexuais. As informações são do site TMZ.

Através de uma série de posts furiosos no microblog Twitter na tarde desta segunda-feira (26), Leisha afirmou que uma comissária de bordo reprimiu os beijos entre a atriz e sua namorada e teria alegado que a empresa é "familiar". Com a discussão, o casal teria sido escoltado para fora da aeronave. "Ódio não é um valor familiar. Nunca mais voarei com essa linha", escreveu Leisha.

A atriz espera agora um reembolso e que uma retratação pública seja feita pela companhia, e pediu o apoio de fãs e de homossexuais num geral em um boicote às linhas áreas, por suas regras "homofóbicas".

Um representante da Southwest Airlines respondeu à atriz com um rápido pedido de desculpas, e pediu que Leisha entrasse em contato com a companhia de maneira privada, para que eles pudessem chegar em uma solução conjunta.

Fonte: Terra