Projeto obrigará moteis a fornecer camisinha de graça

Segundo texto, casal terá direito a um preservativo feminino ou masculino

A Comissão de Assuntos Sociais do Senado aprovou nesta quarta-feira (13) projeto de lei que obriga motéis, drive-ins, hotéis, pousadas e pensões a oferecer de graça preservativos aos clientes. Votada em caráter terminativo, a matéria segue para Câmara e virará lei se receber o aval dos deputados.

O projeto foi apresentado pela senadora Maria do Carmo Alves (DEM-SE). Além de vetar a cobrança de preservativos, ele torna obrigatório o fornecimento de cartilhas educativas sobre doenças sexualmente transmissíveis.

?O estabelecimento será obrigado a oferecer, no mínimo, um preservativo por casal, sendo de livre escolha o modelo a ser utilizado (masculino ou feminino)?, diz trecho do parecer favorável ao projeto aprovado nesta quarta.

Os estabelecimentos que desrespeitarem a medida serão enquadrados na lei de infrações à legislação sanitária federal, que prevê uma série de penalidades. Caso a proposta seja aprovada, após a publicação no Diário Oficial da União, os estabelecimentos enquadrados na nova norma terão seis meses para se adequarem à regra.

Fonte: g1, www.g1.com.br