Queda de ações do Facebook faz de cantor do U2 ex-bilionário

Queda de ações do Facebook faz de cantor do U2 ex-bilionário

Os dados para calcular o patrimônio dos artistas foram obtidos por meio de informações disponíveis publicamente.

O mau desempenho do Facebook na Bolsa impediu que Bono, o cantor do U2, se tornasse o primeiro bilionário num ranking dos cantores mais ricos do mundo.

A avaliação é do site Celebrity Networth, que publicou na semana passada uma lista comparando os patrimônios visíveis de cantores. O mais rico continua sendo o ex-Beatle Paul McCartney --dono de US$ 800 milhões.

Os dados para calcular o patrimônio dos artistas foram obtidos por meio de informações disponíveis publicamente: salários, valor de imóveis, processos de divórcio, vendas de discos, direitos autorais e contratos de patrocínio.

"Os valores finais vêm de uma fórmula que exclui impostos, estilo de vida, honorários do empresário e dos agentes", diz o site. A metodologia, porém, limita a avaliação ao que é visível.

É aí que entram os preços das ações do Facebook. Em 2009, muito antes de o site de Mark Zuckerberg preparar sua abertura de capital, uma pequena parte de suas ações foi comprada pelo fundo de private equity Elevation Partners --que tem o cantor do U2 como um de seus sócios. Na época, eles pagaram US$ 90 milhões por essas ações.

Em maio, quando o Facebook abriu seu capital, foi avaliado em US$ 104 bilhões --o que transformou o 1,5% de ações compradas pela empresa de Bono em US$ 1,5 bilhão. Somado ao restante do patrimônio do cantor, levaria sua riqueza a mais que o dobro da de Paul McCartney.

Ao longo de quatro meses na Bolsa, porém, o valor da empresa caiu para 40% do originalmente negociado, derrubando a avaliação da parcela da empresa de Bono no Facebook para US$ 600 milhões --algo parecido com o patrimônio calculado pelo site. Possivelmente Bono tem mais que isso, mas não é possível ter acesso aos dados.

Robert Plant, do Led Zeppelin, o 24º, deve aumentar sua fortuna em outubro, com o lançamento do filme "Celebration Day".

Fonte: UOL