"Quero a Sabrina Sato longe daqui", diz Patrícia Abravanel a Silvio Santos

Quero a Sabrina longe daqui, diz Patrícia em tom de brincadeira a Silvio

Durante o quadro "Jogo dos Pontinhos", do "Programa Sílvio Santos" do último domingo (1), Patrícia Abravanel, filha de Silvio Santos, disse, em tom de brincadeira, que gostaria de ver Sabrina Sato longe do SBT.

"A Sabrina Sato não vai ser contratada aqui não", disse Patrícia. "Por quê?", questionou Silvio. "Não dá para contratar a ex do meu atual. Aí não dá", respondeu, aos risos. "A ex do atual não é tão assim, né? Ainda mais sendo a Sabrina Sato, com aquele pernão, corpão. Quero é longe daqui", acrescentou.

"Patrícia, o teu marido já gostou da Galisteu, já gostou da Sabrina Sato, já gostou até da Gretchen. Na falta de Gretchen, ele tentou a Valesca Popozuda. Não deu certo e pegou a Patrícia mesmo", brincou Silvio. "Ele deixou o melhor para o final, gente", devolveu, Patrícia.

Patrícia é casada com o deputado federal Fábio Faria (PSD/RN) e está grávida dele. Aos 36 anos, Patrícia contou que desejava o bebê, apesar de ele não ter sido planejado. "Foi de surpresa, mas eu queria muito um filho. A gente foi viajar e falamos: "Vamos ver no que dá". Não sabíamos que ia ser tão rápido, tem gente que demora 1 ano e meio para engravidar".

Fábio já namorou as apresentadoras Sabrina Sato e Adriane Galisteu e a atriz Priscila Fantin. Os dois estão juntos desde o meio de 2013.

Fábio e Sabrina colocaram um ponto final no namoro de três anos em julho do ano de 2013. Eles começaram um romance em 2009, mas se separaram no começo de 2011. Após alguns meses de distância, porém, voltaram a se entender e reataram.

Entre outros motivos para acabar com a relação havia incompatibilidade de agendas, pelo fato de morarem em cidades diferentes: Sabrina mora em São Paulo e o ex-namorado dividia seu tempo entre Brasília e o Rio Grande do Norte, Estado pelo qual é deputado. Atualmente, Sabrina namora João Vicente de Castro, ex de Cleo Pires.

Quando namorou Adriane Galisteu, em 2008, Fábio teve seu nome envolvido na "farra das passagens aéreas". Na ocasião, o deputado usou sua cota parlamentar para pagar viagens de sua então namorada, da mãe dela e de artistas contratados para participar do seu camarote no Carnatal.

Além disso, o político usou os recursos da Câmara para comprar os bilhetes para os atores Samara Felippo, Kayky Brito e Sthefany Brito participarem de seu camarote no Carnaval fora de época em Natal. Tanto Galisteu quanto os artistas esclareceram que não sabiam da origem do dinheiro.

Na época, Galisteu disse que terminou com o deputado porque não sabe ser 90%. "Sabe a pessoa que faz muito por você e você não faz por ela? Eu sou assim: ou estou 100% ou fico solteira. Não sei ser 90%", contou ao ser

Fonte: UOL