Rafaella Justus rouba a cena no lançamento da biografia da avó em SP

Rafaella Justus rouba a cena no lançamento da biografia da avó em SP

Eterna Garota de Ipanema revelou que o livro traz declaração inédita de Tom Jobim admitindo que tinha uma paixão platônica por ela.

Helô Pinheiro lançou nesta sexta-feira, 28, sua autobiografia em São Paulo. A eterna Garota de Ipanema contou que a ideia de escrever sua história surgiu como pedidos de embaixadas internacionais que queriam registrar os 50 anos da música de Tom Jobim: "Estou ansiosa. É como se fosse um filho que estava sendo gerado. Agora é hora de cuidar do filho."

Em entrevista ao EGO, Helô contou quanto tempo levou para produzir o livro: "Foi importante relembrar as histórias, levei um ano para reunir tudo. Depois de São Paulo a ideia é lançar o livro no Rio também."

Ainda segundo ela, de novidade o livro traz uma carta escrita por Tom Jobim em que ele admite ter uma paixão platônica por Helô. E a história vai virar filme? "Não consegui tocar a ideia do filme ainda porque a família do Tom não libera os direitos da música", explicou Helô acrescentando que sua filha, Ticiane, a interpretaria.

Ticiane adoraria viver a mãe no cinema: "Tenho muito orgulho, ela é um mito. Com o livro, as pessoas podem enxergá-la sem estereóripos." Perguntada se ficaria morena para viver a mãe, Ticiane foi categórica: "Pela minha mãe ficaria até careca."

Presença da netinha

Rafaella Justus chegou roubando a cena na livraria e perguntando por Helô: "Cadê minha vovó? Eu quero minha avó." Segundo Ticiane Pinheiro, Rafa fez questão de ir ao evento: "Ela queria vir de qualquer jeito, mesmo dormindo cedo. Ela disse que era a "noite da vovó"."

Fonte: EGO