Record avisa que não está investigando Datena

Datena diz que ele é que pode ter sido vítima de um golpe.



José Luiz Datena não gostou de ler uma nota dando conta de que o bispo Edir Macedo estaria investigando se a saída do jornalista da Record foi um golpe. Irritado, Datena ligou para a redação do portal UOL e pediu direito de resposta: "Eu conheço o Edir Macedo e ele me conhece. Por isso, duvido que ele esteja pensando isso de mim. Eu não sou golpista. Sou honesto e trabalhador", avisa o apresentador do "Brasil Urgente", na Band. A central de comunicação da Record afirma que jamais se manifestou sobre qualquer ação de Datena e esclarece que não há investigação alguma por parte da emissora.

Datena diz que ele é que pode ter sido vítima de um golpe. "Quem é que me garante que os funcionários dele não foram obrigados a cercear minha liberdade de expressão para que eu pedisse demissão e pagasse a multa do primeiro contrato? Quem é suspeito de dar golpes nos outros não sou eu não!", dispara.

Datena diz que sabe que o e-mail que chegou até as redações com a informação de que Edir Macedo estaria disposto a investigá-lo não partiu da Record. "Foi um e-mail particular. Que credibilidade isso tem? Me colocar como golpista em um jornal com um e-mail informal é, no mínimo, uma irresponsabilidade", argumenta.

Fonte: UOL