Papelada sobre a morte de Amy é entregue em endereço errado

No início de agosto, Mitch Winehouse, pai da cantora, já havia adiantado o resultado do relatório

Os pais de Amy Winehouse ainda não receberam o relatório oficial da polícia de Londres informando as causas da morte da filha, falecida no dia 23 de julho. Um representante da Scotland Yard infomou à imprensa a documentação foi entregue em uma casa errada.

"O material foi entregue em um endereço errado. Estamos investigando o que realmente aconteceu", disse à Rolling Stone.

No início de agosto, Mitch Winehouse, pai da cantora, já havia adiantado o resultado do relatório. Segundo a papelada, Amy faleceu após uma convulsão causada pelo tratamento de desintoxicação. "Ela bebeu em excesso e se desintoxicava em excesso. Os períodos de abstinência foram se tornando mais longos e os de beber mais curtos", disse ele. "Ela estava indo na direção certa", concluiu.



Fonte: www.popline.mtv.uol.com.br