Rita Cadillac: "Não sabia fazer nada, fui ser garota de programa"

Rita Cadillac: "Não sabia fazer nada, fui ser garota de programa"

Ex-chacrete contou no programa "Provocações" como, aos 17 anos, com o marido pr

Em entrevista a Antônio Abujamra, do programa "Provocações", Rita Cadillac abriu o coração. A a ex-chacrete contou como, aos 17 anos, sem o pai, morto, sem a mãe, que a abandonara, e com um filho para criar se tornou prostituta. "Meu marido tinha sido preso e eu me separei. Como não sabia fazer nada, só dançar, fui ser garota de programa", revelou.

Após o período difícil conseguiu uma vaga no programa do Chacrinha, pessoa que considera difícil, mas que adorava. "Se ele era autoritário? Era. Pão duro? Também, muito, muito. Tipo, ele levava a gente [as Chacretes] para jantar e deixava a conta para pagar. Mas era uma pessoa maravilhosa", revelou.

Sobre o pornô, ela disse que topou pelo dinheiro mesmo. "Resolvi fazer cinema pornô depois dos 50 anos porque a Rita Cadillac não tem mais estrada para percorrer. Aqui no Brasil, o passado não se faz presente, ninguém respeita. Foi por dinheiro mesmo. Fiz 20 cenas, que a produtora poderá fazer 200, 300 filmes."

E continuou: "Já fiz muita chanchada, sabe? Eu achei que fosse mais ou menos aquilo. Mas quando o diretor falou: "Rita, agora vamos começar as cenas de sexo", a ficha caiu. Desci ao fundo do poço, ao submundo da Terra." Para conseguir terminar, Rita tinha que se embebedar. "Para fazer as cenas de sexo eu bebia muito, mandava umas três ou quatro garrafas de champanhe sozinha."

Fonte: Ego, www.ego.com.br