Sabrina Sato perdeu a virgindade aos 20 e que 1° beijo exigiu treino

Sabrina Sato perdeu a virgindade aos 20 e que 1° beijo exigiu treino

A apresentadora, conhecida pelas curvas impecáveis, contou que tem o hábito de devorar doces de madrugada.

Sabrina Sato revelou curiosidades sobre sua vida em uma matéria especial para a edição de aniversário de QUEM. A apresentadora, conhecida pelas curvas impecáveis, contou que tem o hábito de devorar doces de madrugada. "O pior horário que tem para comer doce é o meu preferido: de madrugada. Ataco bolo de chocolate, sorvete, às 2h da manhã. Não resisto, não consigo abrir mão desse prazer", disse ela que, para manter o hábito, come menos durante o dia. "Prefiro fazer a lei da compensação: maneirar na comida durante o dia, para comer tudo à noite. Porque esse é o período que tenho para relaxar na minha cama, quando tenho um tempo para mim. É aquela velha desculpa: "Eu mereço" (risos)!"

Apaixonada por moda, Sabrina também revelou um vício fashion: Sapatos. Segundo ela, sua numerosa coleção já passa dos 200 pares. "Uso sapatilhas quando viajo, no dia a dia. Mas do que gosto mesmo é de saltão, bem alto, de no mínimo 10 centímetros. Consigo fazer tudo de salto, menos correr. Minhas marcas preferidas são Christian Louboutin, Giuseppe Zanotti e Versace. Também adoro usar chinelo, até mesmo no inverno."

A apresentadora, que atualmente namora o ator João Vicente de Castro, contou à QUEM que deu o primeiro beijo aos 13 anos. "A minha sorte de ter irmã mais velha é que ela me contava sobre as primeiras experiências e me ensinava tudo. Quando ela deu o primeiro beijo, eu chorei. Falei: "Karina, não pode, por que você fez isso?!". E ela falou: "É muito bom, você vai para a lua." Meu primeiro beijo foi aos 13 anos, no cinema de Penápolis, assistindo a Top Gun. Foi incrível. Eu tinha treinado bastante, dando beijo na minha mão, no braço. Ele falou que meu beijo foi ótimo. Sou amiga dele até hoje", contou Sabrina, que disse ter perdido a virgindade apenas anos mais tarde. "Perdi com 20 anos, com um namorado da época. Tinha medo, nunca achava que era o momento. Também era muito romântica..."



Fonte: Quem