"Saia justa" no trabalho? Saiba como evitar

Do presente do chefe à despedida de um desafeto: saiba como agir.

Se você não sente vontade de participar de ?vaquinhas? para comprar presentes de aniversário para os colegas, seja sincero: não é errado dizer não, mas justifique com delicadeza. Se vai casar e não pode chamar tantos colegas, relaxe: você não é obrigado a convidar todo mundo. É o que dizem especialistas em recursos humanos consultados pelo G1 sobre algumas das ?saias justas? mais comuns em eventos sociais do trabalho.

A reportagem também foi às ruas de São Paulo para ouvir experiências A auxiliar de limpeza Maria Rosa Alves contou que, mesmo sem gostar de futebol, se viu obrigada a assistir a um jogo da Copa do Mundo no trabalho. ?Se você não participa, fica uma pessoa indesejada?, destacou Rubens Souza, gerente, ao lembrar de amigos secretos.

Ser sociável no trabalho é importante, afirma Marcelo Abrileri, presidente da Curriculum. ?Quando você tem envolvimento maior, cria relacionamentos, fortifica laços e terá facilidade de comunicação.? Mas ninguém deve fazer nada forçado, diz ele. ?O funcionário foi contratado para desempenhar uma função, a princípio não está obrigado a nada, não participar não o desmerece como profissional?.

Mais informações no endereço abaixo:

http://g1.globo.com/concursos-e-emprego/noticia/2010/8/ja-passou-por-saias-justas-no-trabalho-veja-dicas-de-especialistas.html

Fonte: g1, www.g1.com.br