Seis escolas de samba do Grupo Especial se apresentam hoje na Marquês de Sapucaí, RJ

Seis escolas de samba do Grupo Especial se apresentam hoje na Marquês de Sapucaí, RJ

De Beatles ao Museu de Cera de Londres. Do palácio da rainha a São Jorge (padroeiro do país) e ao lendário rei Arthur

Seis escolas de samba desfilam desta segunda-feira pelo Grupo Especial do Rio, das 13 que disputam o título de campeã do Carnaval. As apresentações acontecem no sambódromo da Marquês de Sapucaí, e começam às 21h.

A São Clemente é a primeira a desfilar, com o enredo "Uma aventura musical na Sapucaí". A escola vai homenagear o teatro musical brasileiro, mostrando a influência do gênero francês e as adaptações dele no Brasil. Vedetes e bailarinos vestidos de fraques são um dos destaques do espetáculo.

Após perder quase todas as suas fantasias no incêndio da Cidade do Samba no ano passado, a União da Ilha tem como tema deste ano uma "sequência" do seu enredo de 2011. A escola fala do Reino Unido e dos jogos Olímpicos de Londres.

De Beatles ao Museu de Cera de Londres. Do palácio da rainha a São Jorge (padroeiro do país) e ao lendário rei Arthur. Todos esses ícones britânicos estarão na Sapucaí.

"Veja a quantidade de escolas com temas nordestinos. Não tem como fugir muito. Vai ser tudo muito igual. Muito parecido. Isso cansa o público", diz o carnavalesco Alex Souza.

A terceira a entrar na Sapucaí é o Salgueiro, com o tema "Cordel Branco e Encarnado".

A escola vai homenagear todos os poetas populares transformando os cordéis do sertão em samba. Unindo bateria com os versos e melodias desse gênero literário do Nordeste a escola traz no papel de rainha da bateria a atriz e modelo, Viviane Araújo.

A Mangueira é a quarta escola a desfilar e vai trazer para a avenida o tema "Vou festejar! Sou cacique, sou Mangueira".

A camisa verde e rosa homenageia os povos que deram origem ao Brasil. No terceiro lugar do ano passado, a Mangueira tenta este ano conquistar o título de campeã.

A penúltima a passar pela avenida é a Unidos da Tijuca, que comemora o centenário do cantor e compositor Luiz Gonzaga.

Paulo Barros, o carnavalesco da escola, promete uma abordagem inovadora. "Não será um enredo cronológico. Criei uma grande festa para a coroação do "rei do sertão", na qual ele receberá vários monarcas, como nas coroações dos reis europeus", diz.

A Grande Rio fecha os desfiles do Grupo Especial do Rio com o tema "Eu acredito em você? E você?". O enredo é inspirado na superação da própria escola, após o incêndio que atingiu seu o barracão no ano passado.


Seis escolas se apresentam hoje no Carnaval do Rio

Seis escolas se apresentam hoje no Carnaval do Rio

Fonte: Folha Online, www.folha.com.br