É cedo para definir culpa no Enem, diz ministro Fernado Haddad

É cedo para definir culpa no Enem, diz ministro Fernado Haddad

Haddad afirmou ainda que a sindicância interna pelos erros de revisão da prova está em processo

O ministro da Educação, Fernando Haddad, afirmou o MEC (Ministério da Educação) deve anunciar no fim desta semana ou no início da próxima a data e o números de inscritos no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2010 que deverão refazer a prova, por problemas gráficos no caderno amarelo. Haddad está no Senado na manhã desta terça-feira (16) para audiência na Comissão de Educação, Cultura e Esporte.

Segundo o ministro, ?[só] depois da apuração das 113 mil atas de provas" será possível identificar os alunos que não conseguiram trocar o caderno amarelo com problemas. "Não podemos anunciar os convocados e a data sem termos clareza de quantos iremos atender?, explicou Haddad.

Antes do começo do encontro com os parlamentares, Haddad disse ainda que o MEC irá trabalhar para evitar que a nova prova do Enem atrapalhe o calendário das provas dos vestibulares. "No ano passado que tivemos que aplicar a prova para todo mundo, nós conseguimos acordar uma data com os reitores para que não atrapalhasse ninguém. Nós vamos fazer o mesmo esforço que fizemos no ano passado?, garantiu o ministro.

Após o convite dos parlamentares aprovado na semana passada, o ministro participa de uma audiência para ?prestar esclarecimentos ao senadores sobre as falhas na aplicação do exame deste ano. ?O principal intuito é prestar esclarecimento para evitar o prejuízo para qualquer estudante, penso que a preocupação dos senadores que ninguém seja prejudicado?, avaliou.

Haddad afirmou ainda que a sindicância interna pelos erros de revisão da prova está em processo e que ainda é cedo para apontar culpados.

Fala Brasil

Os alunos que se sentirem prejudicados podem entrar em contato com o serviço de atendimento do MEC, o Fala Brasil por telefone 0800-616161 das 8h às 2oh. Outro meio de contato é por e-mail [email protected] .

Manifestações

Questionado sobre as manifestações de estudantes neste fim de semana, Haddad declarou que eles servem para ?fazer chegar [ao Executivo] os problemas enfrentados pelos alunos?.

Fonte: g1, www.g1.com.br