Filha de ministro fala sobre a 1ª vez: "Tinha 16 anos e foi ruim"

Filha de ministro fala sobre a 1ª vez: "Tinha 16 anos e foi ruim"

Apesar de ser filha do ministro da Fazenda, Guido Mantega, ela não deixa de fazer o que tem vontade.

No ensaio do Paparazzoque vai ao ar no próximo sábado, 5, Marina Mantega se mostrou uma mulher de atitude. Apesar de ser filha do ministro da Fazenda, Guido Mantega, ela não deixa de fazer o que tem vontade. "Tenho personalidade. Falo o que penso e faço o que quero, não preciso pedir permissão", contou a apresentadora, que deixou escapar que depois do último ensaio sensual que fez, o pai ficou cinco meses sem falar com ela - a gente espera que desta vez seja diferente, né?

Nos bastidores, Marina relembrou como foi sua primeira relação íntima. Mas de inesquecível - da forma como muitos fantasiam, de uma maneira romântica - não teve nada. "Eu tinha 16 anos. Foi muito ruim, com o meu primeiro namorado. Ficamos juntos por três anos. Lembro que todas as minhas amigas já tinham tido a primeira vez e eu estava ficando para trás. Ele era um cara que mega me respeitava. Já tinha um ano de namoro mais ou menos e eu coloquei ele na parede dizendo que queria. Foi muito ruim, incômodo, péssimo. Mas pelo menos ele era uma pessoa que eu gostava muito e que sempre será importante".

Aos 33 anos, a apresentadora agora deseja se casar e ter uma família. "Penso em me casar fora do país. Quero casar, ter filhos e construir uma família. Inclusive, sigo uma linha de raciocínio. Tenho 33 anos e quero ter filhos com uns 39, 40. Então, para isso acontecer, tenho que conhecer uma pessoa, namorar, noivar, casar e namorar um pouco no casamento para depois ter filho. Preciso de pelo menos seis anos para isso! Estou com o deadline apertado (risos)".


Só de calcinha, filha de ministro fala sobre a 1ª vez:

Fonte: EGO