Sobem para 12 os casos de dengue tipo 4 em RR

Vírus voltou a circular no Brasil depois de 28 anos

A Secretaria Estadual de Saúde de Roraima informou nesta segunda-feira (27) que subiu para 12 o número de casos de dengue tipo 4 no Estado - até agosto eram apenas três casos.

Depois de 28 anos, esse sorotipo viral voltou a entrar no Brasil. Os tipos mais comuns de dengue no país são o 1, 2 e 3. O retorno da circulação do vírus tipo 4 serviu de alerta para as autoridades de saúde, pois boa parte da população brasileira, em especial crianças e jovens, não tem imunidade contra esse vírus.

Além disso, a circulação do vírus aumenta as chances de disseminação de formas mais graves da doença, principalmente a dengue hemorrágica, que pode matar. No início do mês, o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, declarou que a doença está contida no Estado e que não há evidências de que o vírus tenha se espalhado para outras partes do país.

Dentre os 12 casos de dengue tipo 4 confirmados em Roraima, dez são de Boa Vista, capital do Estado, e dois do município de Cantá. As vítimas passam bem. O Instituto Evandro Chagas (IEC), de Belém (PA), analisou amostras de 70 casos suspeitos da doença.

Desde janeiro foram confirmados 6.383 casos de dengue em Roraima. São 6.125 clássicos - incluindo os 12 casos do tipo 4 -, 181 com complicações e 77 com febre hemorrágica. No ano passado, de janeiro a setembro, foram confirmados 2.878 casos.

As autoridades sanitárias decidiram intensificar as ações na Vila Central, em Cantá, com busca ativa e eliminação de criadouros do mosquito Aedes aegypti. Na sede de Cantá, as atividades de limpeza, orientação e visita às residências foram feitas no mês passado.

Em Boa Vista, 140 agentes de endemias vão visitar as casas dos bairros 13 de Setembro, Senador Hélio Campos, Dr. Silvio Leite e Jóquei Clube, com o objetivo de eliminar os criadouros e alertar os moradores do risco de proliferação da doença.

Fonte: R7, www.r7.com