Solteiro, prefeito bonitão admite sucesso, mas diz não se considerar modelo de beleza

Solteiro, prefeito bonitão admite sucesso, mas diz não se considerar modelo de beleza

O gaúcho rejeita o rótulo de galã porque teme cair no estereótipo.

O prefeito eleito de Pelotas (RS), Eduardo Leite (PSDB), virou sucesso nas rede sociais por causa de uma característica pouco comum no universo da política: sua beleza física. Algumas fotos que ele retirou de seu Facebook antes de iniciar a campanha eleitoral, inclusive uma em que aparece sem camisa, circularam pela internet e, segundo Leite, lhe renderam centenas de propostas amorosas.

O gaúcho rejeita, entretanto, o rótulo de galã porque teme cair no estereótipo de que ?quem é bonito não é inteligente?. Leite falou das prioridades para quando assumir o mandato e de sua trajetória política. Aos 27 anos, ele já passou por uma secretaria municipal, foi chefe de gabinete do prefeito e vereador por dois mandatos.

O novo prefeito, que venceu no segundo turno das Eleições com 57,1% dos votos, garante não ter usado a aparência física para divulgar sua candidatura ao administrativo municipal. Modesto, Leite diz que não se considera um modelo de beleza, mas admite que tem um tipo físico que ?não corresponde à aparência padrão dos políticos?.











Seu nome está circulando pelas redes sociais por causa de fotos que estavam em seu Facebook. O que acha disso?

Eduardo Leite: Eu sei, mas tenho toda uma trajetória política. Imprensa, por favor, perceba isso [...] Não me considero um modelo de beleza, acho que talvez isso acabe sendo ressaltado porque tenho um tipo físico que não corresponde à aparência padrão dos políticos. Em geral, eles são mais velhos.

Como foi essa trajetória?

EL ? Estou no segundo mandato de vereador, o mais jovem da cidade. Também fui chefe de gabinete do atual prefeito [Adolfo Antônio Fetter Junior (PP)] quando ele estava no primeiro mandato. Além de presidente da Câmara dos Vereadores e secretário municipal de cidadania e assistência social.

O fato de você ter uma boa aparência ajuda ou atrapalha no dia a dia da política?

EL ? Alguns tentam me estereotipar dentro daquela lógica de que quem é bonito não é inteligente. Isso nunca foi pauta na nossa campanha ? minha e da minha vice, a Paula [Mascarenhas]. O aspecto da aparência não segura a disputa por dois meses, provamos que conhecemos a prefeitura.

Havia assédio de eleitores durante a campanha?

EL ? As pessoas pediam para abraçar, tirar fotografia, manifestavam carinho, mas percebiam em mim sinceridade.

Você está solteiro?

EL: Sim, atualmente solteiro.

E tem recebido propostas de namoro?

EL ? Desde ontem, quando surgiu a fotografia, apareceram algumas centenas no meu perfil na internet. Mas ainda não consegui ler todas.

Qual foi a principal bandeira política de sua campanha?

EL ? Defendo a melhoria do sistema de saúde como principal prioridade. A população de Pelotas sofre com falta de atendimento, falta de profissionais. Quero trabalhar isso desde o primeiro momento, aumentando pelo menos 60 leitos contratados e valorizando os profissionais de saúde [...] Além de construção de duas novas UPAs [Unidades de Pronto de Atendimento], ainda no primeiro ano de governo.

Fonte: R7, www.r7.com