Sophia Abrahão lança uma música e fala da sua relação com o cantor Fiuk

A letra da música, segundo Sophia, trata de “uma menina meio desestimulada de viver um relacionamento amoroso

Escrevendo um livro a quatro mãos, lançando videoclipe, se preparando para rodar a sequência de um filme e, entre uma coisa e outra, flagrada em momentos carinhosos com o namorado, Fiuk, Sophia Abrahão segue na linha dos artistas polivalentes que não têm muito tempo para descanso.

Em um bate-papo com o site, Sophia explicou que pelo menos para os cabelos, vai dar uma folguinha. ?Estou pensando em mudar só para o próximo personagem até porque vai ter a sequência do longa ?Confissões de Adolescente? e, por isso, talvez tenha que voltar a ser morena. Então por enquanto vou continuar ruiva. Acho que meu cabelo não aguenta tanta química?, explica a atriz e cantora que ficou ruiva no ano passado para sua personagem em "Amor à vida".

Sobre o videoclipe de ?Flores?, divulgado na manhã desta quinta-feira, 20, e que ao meio-dia já estava em primeiro lugar como o mais vendido do iTunes, ela explica: ?O clipe foi rodado em Holambra, conhecida como a cidade das flores, no interior de São Paulo. Achei que tinha que ser lá. A cidade é linda, cheia de estufas e plantações de flores. Queria uma coisa mais vintage, mais antiguinha. Gosto muito da Lana Del Rey que acaba sendo uma inspiração não só no estilo musical, como pelo visual dos clipes dela, das roupas, da maquiagem?.

A letra da música, segundo Sophia, trata de ?uma menina meio desestimulada de viver um relacionamento amoroso, de saco cheio do que tinha acontecido em sua vida afetiva e insegura em embarcar numa nova história, até que aparece esse cara que não tem como ela negar por conta de toda a mágica em torno do casal ser maior?. Questionada se a letra é autobiográfica e fala de Fiuk, ela responde com franqueza: ?Essa é sem dúvida sobre ele. Sempre uso nas letras um pouco da fase que estou vivendo e eu achava que não ia me apaixonar de novo, mas acabou acontecendo?.

Segundo Sophia, quando o assunto são os relacionamentos afetivos, ela costuma fazer o tipo durona, mas quando se apaixona, as coisas mudam de figura. ?Depende do que acontece. Eu sempre fui durona, daquelas que não chora por ninguém, que diz que ninguém nunca vai me fazer chorar, até que você se apaixona e as coisas mudam. Não tem muito essa. Numa relação você acaba passando pelos dois momentos?, explica.

Ela conta que a relação com o namorado tem trilha sonora, mas evita revelar qual a música mais especial para os dois, já que será tema do casamento que sonham para o futuro. ?Não posso falar para não perder a graça, mas tem uma música sim que dizemos que vai ser do nosso casamento e já está escolhida. Mas além dela, ouvimos muito ?Ain"t No Sunshine?, da trilha do filme ?Um Lugar Chamado Notting Hill? e, bem no começo do namoro, a nossa música era ?All My Loving? dos Beatles?, conta ela. E esclarece: ?Acho que sempre tem o sonho do casamento, mas nada concreto ou planejado?.

Sophia conta que voltar a aparecer junto com Fiuk em cenas rotineiras do dia a dia foi um caminho natural. No ano passado eles viveram uma crise no relacionamento e chegaram a evitar falar que haviam reatado o namoro, mas ela percebeu que o suspense acabava criando mais curiosidade sobre o assunto e decidiu mudar de estratégia. ?Acho que quanto menos você esconde e fica criando empecilho para as pessoas, menos curiosidade você desperta. Estamos bem, não focamos nisso, não tiramos foto juntos como antes, mas não temos problema em assumir o que estamos vivendo?, explica.

Em recente entrevista à ?Contigo?, Sophia contou que frequenta o armário do namorado e usa cuecas do rapaz. ?Na verdade eu uso a cueca samba-canção dele, mas é para dormir?, conta.

Atuando como atriz e cantora, ela se prepara para encarar uma nova empreitada e está escrevendo seu primeiro livro junto com a escritora Carolina Munhóz. A história terá como pano de fundo a ?tirulândia?, o reino encantado dos ?tirulipos?, apelido dado por ela para seus fãs. ?Eu não sou escritora, por isso estou fazendo um livro em parceria para colocar em prática a minha ideia de estrutura de história e personagem. A Carolina é um dos expoentes de literatura fantástica que é o que quero fazer?, explicou a atriz e cantora, que pretende concluir o projeto a tempo de lançá-lo na Bienal do Livro. A personagem principal da história representa o papel de Sophia, porém é apenas inspirada nela. ?Vai ser o que eu represento na tirulândia, mas não vai ter o mesmo nome que eu?, conta.







Fonte: EGO