Sthefany Brito alegará ter sido coagida por Pato

Sthefany Brito alegará ter sido coagida por Pato

O casal assinou um documento no dia 25 de maio de 2009 no qual constava a união em comunhão parcial de bens

Ao que tudo indica, o processo de separação de Sthefany Brito e Alexandre Pato não está ocorrendo de forma amigável. De acordo com a coluna Retratos da Vida, do jornal Extra, a atriz dirá à justiça ter sido coagida pelo jogador de futebol dias antes do casamento sobre a tal da divisão de bens.

Segundo a publicação, o casal assinou um documento no dia 25 de maio de 2009 no qual constava a união em comunhão parcial de bens, o que significa que todos os pertences conquistados após o casamento seria de propriedade de ambos. Porém, um segundo contrato, assinado nove dias depois, ambos optaram por separação total de bens. Com isso, Sthefany apresentará os dois contratos na Justiça e dirá ter sido coagida pelo ex-marido dias antes de subir ao altar. De acordo com a coluna, a atriz está confiante em sua vitória no processo de separação.

Fonte: Terra