Suspeito de ofensas raciais à Ludmilla é achado e confessa crime

O acusado foi ouvido e segundo a polícia confessou crime


A polícia identificou o suspeito de fazer ofensas raiciais à cantora Ludmilla nesta terça-feira (24) ele foi depor na DRCI (Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática). Segundo a Polícia Civil, o acusado confessor o crime.

O homem será indiciado pelo crime de injúria preconceituosa com causa de aumento, já que o crime aconteceu pela internet. 

A funkeira registrou boletim de ocorrência após ter sido chamada entre outras coisas de 'crioula nojenta', 'macaca' nas redes sociais.

"Alguma autoridade pode me ajudar a identificar esse homem???? Não é a primeira vez que ele faz isso. Já até bloqueei ele, mas ele continua falando essas coisas em outros instas por aí  que ódio, só quero a justiça mais nada mais. Nessa eu vou até o fim. Racista filho da infeliz. Já não é a primeira vez que você comete este crime comigo na internet. Agora é questão de honra. Eu vou até o final para ver você pagar por isso!".


Ludmilla sofreu injúrias raciais nas redes sociais
Ludmilla sofreu injúrias raciais nas redes sociais


Fonte: r7