Tartaruga amputada pata e ganha rodinha para andar

Cirurgia foi feita no Hospital Veterinário de Uberaba, em Minas Gerais.

Uma tartaruga macho teve a pata esquerda dianteira substituída por uma rodinha depois que o membro precisou ser amputado. A cirurgia foi feita no Hospital Veterinário de Uberaba (HVU), na Região do Triângulo, em Minas Gerais, há três semanas.



De acordo com o médico veterinário que fez a operação, Cláudio Yudi, a tartaruga da espécie Geochelone carbonaria vive solta em um terreno e cortou a pata em uma cerca elétrica que caiu no chão.

?O corte infeccionou e houve uma bicheira que comeu a metade do membro. Depois fazer uma avaliação, eu vi que ele não poderia ser recuperado. A saída foi amputá-lo?, disse Yudi.

Com três patas, os répteis têm dificuldades para se locomover, de acordo com Yudi. ?Por isso, colocamos a rodinha debaixo da carapaça, colada com resina plástica?. Segundo ele, a roda é a mesma usada em móveis.

Yudi disse ainda que a tartaruga recebeu alta e que se recupera bem. A cada semana ela vai ao HVU para fazer uma avaliação médica. ?A cicatrização dos pontos é um pouco mais lenta por ser um animal terrestre?, explicou o especialista em animais silvestres. Ele falou também que o estado de saúde do bicho é bom.

Fonte: g1, www.g1.com.br