Thammy: mãe "teve chilique" quando soube que ela era lésbica

Thammy: mãe "teve chilique" quando soube que ela era lésbica

Depois de posar nua para uma revista masculina, Thammy resolveu se assumir e se revelou lésbica.

No ar como a policial Jô de "Salve Jorge", Thammy lembrou de quando estava com 16 anos e sua mãe, Gretchen, soube que ela gostava de meninas, por meio de uma mensagem de texto trocada com a primeira namorada.

"Minha mãe teve um chilique, me bateu e me levou a um pastor para ele me exorcizar. O pastor me sacudiu de um lado para o outro e, no fim, perguntou meu nome", contou ela em entrevista à revista Joyce Pascowitch de março.

Pela primeira vez em uma novela, Thammy ? que hoje não tem um contato muito próximo com Gretchen, mesmo com a superação de ambas diante dessa situação ? afirmou que nunca tinha se visto fazendo TV antes.

"Nunca imaginei que um dia atuaria em uma novela. Quando me chamaram para fazer o teste, achei que não daria em nada. Aí, a Glória [Perez] me ligou...", disse.

Depois de posar nua para uma revista masculina, Thammy resolveu se assumir e se revelou lésbica. "Interpretei vários personagens e fui infeliz em todos. Dancei nos shows da minha mãe, gravei CD, dei autógrafo na minha foto nua. Achava tudo horrível", disse.

Aos 30 anos, Thammy afirmou que se arrepende de ter atuado em um filme pornô. Ela ainda deixou escapar sobre o lançamento da sua linha de cuecas com o seu nome, aproveitando a exposição da novela. "É underwear masculino para homens e mulheres", contou.

Fonte: UOL