Tom Maior e Mancha Verde são rebaixadas em São Paulo

Tom Maior e Mancha Verde são rebaixadas em São Paulo

As escolas de samba Tom Maior e Mancha Verde foram rebaixadas no Carnaval de São Paulo 2015 e irão disputar o Grupo de Acesso em 2016. As agremiações foram as últimas colocadas na apuração que ocorreu nesta terça-feira, no sambódromo do Anhembi. A Unidos do Tatuapé, que foi penalizada com 1,1 ponto por estourar o tempo máximo de desfile, conseguiu escapar por 0,1 ponto.

A Tom Maior foi a terceira escola a entrar no Anhembi na madrugada desta sexta-feira para sábado. A agremiação desfilou com 23 alas e 3 mil componentes para falar sobre a adrenalina. Durante quase toda a apuração, a escola ficou entre as últimas colocadas e acabou ficando com o último lugar. A escola encerrou o Carnaval com 267,7 pontos. Já a Mancha Verde, que foi a primeira escola a desfilar no Carnaval de São Paulo, homenageou o centenário do Palmeiras, comemorado em 2014.

Com esculturas em carro alegórico, a escola lembrou nomes consagrados como Djalma Santos, Djalma Dias, Leivinha, Ademir da Guia, Oberdan Cattani e São Marcos. A homenagem ao clube, contudo, não foi suficiente para que a escola tivesse uma boa colocação no Carnaval deste ano. Desde o quarto quesito (fantasia), a escola ficou entre as três últimas colocadas.

No penúltimo quesito (harmonia), a Mancha entrou na zona de rebaixamento, que foi sacramentado após o anúncio do quesito evolução. A agremiação não conseguiu tirar a diferença da Unidos do Tatuapé e acabou rebaixada com 267,9 pontos contra 268 da rival. A campeã do Carnaval 2015 em São Paulo foi a Vai-Vai, com 269,9 pontos, somente três décimos à frente da Mocidade Alegre.





Fonte: Terra