Transgênera posa nua para grupo de artistas: 'Trabalho valioso'

'Há preconceito entre artistas, instituições', disse a transgênera.

Ella Vieira é a primeira mulher transgênera a posar sem roupa para um grupo de artistas na Oficina Modelo Vivo no Museu de Arte Contemporânea de Sorocaba (Macs), em São Paulo. Durante entrevista, ela falou  sobre a experiência e classificou o ato como 'trabalho valioso e contra o preconceito'.

"Acredito que para os artistas, [o trabalho] é importante para desenvolver a técnica. Para mim, quanto pessoa trans, é interessante ocupar lugares. A população trans é excluída de todos os espaços da sociedade. Então, ter sido convidada [para participar] é valioso para mim. E para eles", afirmou.

Ella utiliza as redes sociais para revindicar seus direitos e diz que "há preconceito entre artistas, instituições, indivíduos. Mas não é interessante culpar o indivíduo, mas identificar o problema. E isso é culpa da estrutura social".

A artista plástica Flavia Aguilera  diz que a transgênera é uma mistura de traços masculinos e femininos, que atrai e ao mesmo tempo causa espanto. "Ella tem traços masculinos, mas com jeito feminino. Isso faz com que os participantes tenham uma referência diferenciada ao desenhar",conta.

A jovem relata que sofre preconceito diariamente. "Assim como a mulher, também sinto o machismo presente em várias situações do dia a dia. Basta sair de casa. Mas o problema é a estrutura social. E é isso que eu quero ajudar a quebrar com esse projeto", conta. 

Ella Vieira
Ella Vieira
Ella Vieira
Ella Vieira




Fonte: Com informações do G1