Trio planejava assassinato e castração de Justin Bieber

O plano teria começado quando Staake cumpria pena em uma prisão.

Um homem foi detido em Novo México, nos Estados Unidos, acusado de ter planejado o assassinato e a castração do cantor Justin Bieber.

De acordo com o KRQE News, Mark Staake e seu sobrinho, Tanner Ruane, planejaram realizar o ataque durante um show em Nova York, no Madison Square Garden. Bieber seria estrangulado junto a três outras pessoas.

O plano teria começado quando Staake cumpria pena em uma prisão. Lá, ele conheceu Dana Martin, preso por estuprar e matar uma jovem de 15 anos em Vermont, em 2000.

Martin seria o mentor do crime que acabou não ocorrendo, e teria dado instruções para Staake atacar a estrela teen assim que ele deixasse a prisão. Ele deu ordens para que estrangulassem as vítimas com uma gravata. Tanner, o sobrinho, deveria então castrar as vítimas.

Porém, Staake foi preso em Vermont antes de colocar o plano em prática, por outros crimes. Mas o sobrinho conseguiu chegar a Nova York. De lá, ele ligou para Martin dizendo que não conseguiria realizar os assassinatos.

As ligações foram gravadas pela polícia, que prendeu Tanner. Ferramentas e tesouras de poda foram encontradas com ele.

Ainda segundo a reportagem, Martin seria obcecado com o cantor e teria inclusive uma tatuagem de Bieber na perna.

Fonte: Terra