"Tropa de Elite 2" é filme nacional mais visto na 1ª semana

"Tropa de Elite 2" é o novo recordista de renda e público do Brasil em semana de estreia

"Tropa de Elite 2" é o novo recordista de renda e público do Brasil em semana de estreia, considerando os filmes lançados no mercado brasileiro desde a Retomada - período que se inicia no começo dos anos 90, com o reaquecimento da indústria cinematográfica nacional.

Até a manhã desta sexta (15), o filme havia levado 2.925.263 espectadores às salas de cinema. Nesse número, falta apurar resultados de quarta (57 salas) e quinta (47 salas). A performance do filme foi ajudada pelo feriado.

Segundo Marco Aurélio Marcondes, coordenador de lançamento, o filme ultrapassaria a marca de 3 milhões de ingressos vendidos com a apuração das 104 salas e a bilheteria da tarde. O número de cópias em circulação aumentou de 696 para 720.

Com 6,1 milhões de ingressos vendidos na carreira, "Se Eu Fosse Você 2" detinha o recorde anterior. Primeiro grande lançamento nacional de 2009, "Se Eu Fosse Você 2" entrou em pré-estréia no dia de Natal de 2008, com grande procura do público. O filme entrou em cartaz no dia 2 de janeiro, com 263 cópias em 309 salas e atraiu mais de 560 mil espectadores, com bilheteria de mais de R$ 5,6 milhões, entre sexta-feira e domingo.

Na lista de recordes batidos, ?Tropa de Elite 2? ganha ainda do longa "Eclipse", que era, até sexta (8), o filme com a melhor abertura de 2010, com 1,2 milhão de espectadores, sendo superado apenas por três filmes americanos.

"Estima-se, que "O Ébrio" teria feito, na década de 40, quando ainda não havia serviços de estatística para o setor, algo em torno de 14 ou 15 milhões de espectadores na carreira comercial", disse Marcondes. O filme foi lançado nos cinemas brasileiros em 28 de agosto de 1946.

Outro marco da era moderna de nosso cinema é "Dona Flor e Seus Dois Maridos", de Bruno Barreto, produzido por Lucy e Luiz Carlos Barreto, que em sua carreira obteve, apenas nos cinemas, a marca de 10.735.524 de espectadores, de acordo com dados do Observatório Brasileiro do Cinema e do Audiovisual (OCA) no site da Ancine.

Segundo Marcondes, tanto "O Ébrio" quanto "Dona Flor" foram lançados em épocas diferentes. "Em que pese termos então muito mais salas - ao redor de 4.200 e 3.300 respectivamente, em 1946 e 1976 -, os filmes ocupavam o mercado paulatinamente, em lançamentos que se iniciavam no Rio ou São Paulo e, aos poucos, iam sendo lançados nas demais cidades", disse ele. "Desta forma, não obtinham a marca que acabamos de alcançar com "Tropa 2"."

A semana 41 (8 a 14 de outubro) entra para a história do cinema brasileiro. Até quinta (14), o cinema nacional ocupou 1.227 salas programadas de um total de 3.274 programações, segundo dados da Rentrak Edi. Numa conta simples, 37,48% das programações estavam com filmes nacionais - em aproximadamente 2.200 salas existentes hoje no Brasil.

Fonte: UOL