UFPI tem 1ª defesa de dissertação de Mestrado por um estrangeiro

Ricardo Ossagô de Carvalho faz parte do segundo grupo de africanos que vieram estudar no Piauí

Acontece nesta sexta-feira (27), às 18h, no Auditório Noé Mendes (CCHL), a primeira defesa de dissertação do mestrado defendida por um estrangeiro na Universidade Federal do Piauí. Ricardo Ossagô de Carvalho faz parte do segundo grupo de africanos que vieram estudar no Piauí através do Programa de Estudante de Convênio de Graduação (PEC-G), que mantém acordo de cooperação cultural, educacional, de ciência e tecnologia. Com o tema "Que democracia? O processo de transição política guineense e a atuação das forças armadas na condução da política nacional (1994-2009)", Ricardo Ossagô, defende sua dissertação de mestrado no Programa de Mestrado em Ciência Política. O tema remete aos estudos da dificuldade da implementação e consolidação da democracia do continente africano e em especial de seu país Guiné-Bissau que completou em 2009, trinta e seis anos de independência. Para Ricardo, abordar a conjuntura política de seu país estando fora dele não foi a parte mais difícil, o difícil ainda está por vir. "Preciso passar pela banca", brinca Ricardo que já faz planos para o doutorado.

Fonte: UFPI