Vazamento de cloro intoxica cerca de 30 pessoas em AL

Nuvem cobriu bairro e uma favela, provocando histeria entre moradores.

Um vazamento de cloro das tubulações da empresa Braskem, no Bairro Pontal da Barra, em Maceió, provocou a intoxicação de pelo menos 30 pessoas que moram nas proximidades, na tarde deste sábado (21). Segundo o Corpo de Bombeiros, a nuvem do produto químico passou por cima da favela "Sururu de Capote", o que deixou algumas pessoas com olhos e gargantas irritados.

De acordo com o Instituto de Meio Ambiente de Alagoas (IMA), houve histeria de parte dos moradores da região, que ficaram assustados com o vazamento do produto químico. Segundo os bombeiros, os primeiros chamados com pedido de socorro foram registrados por volta das 18h30.

As pessoas com sinais de intoxicação foram levadas até o Hospital Geral do Estados (HGE). Segundo informações do hospital, 30 pessoas, entre crianças e idosos, foram atendidas e passarão a noite em observação.

De acordo com os bombeiros, o vazamento foi controlado pela brigada da empresa. A corporação negou que tivesse ocorrido explosão na empresa. O IMA está fazendo um levantamento na região para saber se houve comprometimento ambiental na área atingida.

Veja íntegra da nota da Braskem:

Às 19h38min do dia 21/5/2011, ocorreu um incidente de processo na Unidade Industrial de Cloro Soda Alagoas, ocasionando o acionamento de 2 (dois) detectores de cloro existentes na fábrica que têm por objetivo identificar a presença de cloro no ambiente.

Acionamos todas as medidas de controle e a situação está normalizada desde 20h15min, não havendo mais risco de exposição de cloro no ambiente. Os técnicos da Braskem estão apurando as causas do incidente.

Não foi constatada a exposição de nossos integrantes. A Braskem está monitorando a situação das pessoas que moram nas proximidades da fábrica, já tendo sido prestado pronto atendimento pelo Corpo de Bombeiros e pela SAMU, com o apoio das nossas equipes.

Os órgãos competentes já foram comunicados da ocorrência. A Braskem, através de suas equipes, continuará acompanhando o atendimento dado às pessoas junto aos órgãos de saúde.

A Braskem lamenta profundamente o ocorrido e está empenhada em prestar todo apoio que se faça necessário.

Fonte: g1, www.g1.com.br