Veículos do SCMN atingem 500 mil em Teresina

Ele diz ser surpreendente em termos de internet, o Portal meionorte.com também está em primeiro lugar de visitação, apesar de ter menor tempo

O presidente do Instituto Amostragem, estatístico e professor universitário João Batista Teles, diz que o Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte, em particular, Jornal e Rádio FM, continua na liderança no hábito de ler e de ouvir. Afirmou que na programação local de televisão, o Sistema tem uma grande penetração no mercado teresinense.

Ele diz ser surpreendente em termos de internet, o Portal meionorte.com também está em primeiro lugar de visitação, apesar de ter menor tempo no mercado do que os seus concorrentes. ?O Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte continua muito bem posicionado no mercado de mídia do Piauí. Em particular, os dois veículos ? Jornal Meio Norte e FM Meio Norte ? são os que puxam o Sistema como um todo, e a programação local gerada e produzida pela TV Meio Norte, voltada para o Piauí, faz com que a TV Meio Norte ocupe a segunda posição entre as emissora de TV do Estado?, falou João Batista Teles.

Conforme sua análise, o Jornal Meio Norte, a exemplo da Rádio Meio Norte FM, mantém uma dianteira muito ampla e considerável em relação aos outros veículos concorrentes. ?Ele tem mais do dobro de penetração em relação ao segundo lugar. Eu acho que o Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte continua muito bem posicionado com seu conjunto de veículos e que pela penetração e audiência que ele tem é excelente mídia em relação ao custo-benefício. O Sistema tem grande penetração no público piauiense. Esse público é formado por pessoas com 15 anos ou mais?, falou João Batista.

Ele calcula que a penetração e a audiência dos veículos do Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte atingem a uma população de 500 mil pessoas em Teresina, capital que possui 790 mil habitantes. ?Como o Sistema Meio Norte tem uma boa penetração nesse público, cada ponto de índice de aceitação

representa milhares de pessoas lendo, ouvindo, assistindo e acessando internet. Os programadores de mídia têm que ficar bem atentos sobre esses veículos do Sistema Integrado de Comunicação Meio Norte?, falou.

Fonte: Efrém Ribeiro, Jornal Meio Norte / meionorte.com