Vemart traz teatro interativo para Teresina

Essa é a terceira montagem do “O Palhaço sapeca...” e foi escolhida para comemorar os 10 anos de apresentação em Teresina

Há dez anos vindo a Teresina, o grupo Vemart estará em cartaz amanhã, às 17h, e domingo, às 10h30 e às 17h, com o espetáculo ?O palhaço sapeca... levado da breca?, no Theatro 4 de Setembro, numa montagem que foi considerada por pedagogos como um espetáculo construtivista.

Escrito por Moacyr José, que também assina a trilha sonora, ?O palhaço sapeca... levado da breca? é um musical destinado a crianças na faixa de 3 a 10 anos e tem como proposta incentivar a imaginação e a criatividade. ?É um espetáculo interativo?, diz o autor, declarando que a plateia participa da montagem. ?As crianças são escolhidas aleatoriamente para ir ao palco?, explica, afirmando que o resultado é surpreendente.

Essa é a terceira montagem do ?O Palhaço sapeca...? e foi escolhida para comemorar os 10 anos de apresentação em Teresina, uma cidade que tão bem acolheu o grupo. Nessa terceira montagem, Moacyr José diz que o musical mudou e hoje o grupo trabalha com o cenário. ?Na versão anterior, não tinha cenário, pois os diretores queriam que o público conhecesse o palco do teatro como ele é?, diz.

Além de Moacyr José que assina o texto e a trilha sonora, ?O Palhaço sapeca...? tem participação de Cláudia Valéria na direção e cenário, música de Ana Cristina Barbosa e Anderson Vieira, coreografia de Paulo José, iluminação de Walter Façanha, fotografias de Ana Teresa e figurino de Meyre. O espetáculo foi premiado com o Destaque do Ano em 2009 e eleito como melhor produção com prêmio concedido no Dia do Teatro.

A nova versão já foi apresentada em Campina Grande, João Pessoa, Natal, Mossoró, Belém, Porto Velho e Macapá. De Teresina, o grupo segue para Sobral e Juazeiro do Norte e em agosto estará em cartaz em Fortaleza. Para o segundo semestre, no período de 29 de setembro a 5 de outubro, o grupo apresenta ?Nicolau tinha uma ideia?, de Ruth Rocha, em Fortaleza.

O Grupo Vemart surgiu em São Paulo no ano de 1979 com a finalidade de difundir o teatro para crianças e também aos mais diversos tipos de público. Hoje, ele desenvolve o projeto ?A escola vai ao teatro?, executado desde 1988. O grupo mudou-se para Fortaleza em 1999 e desde então vem centrando seus esforços em viagens pelo Brasil a fim de formar e ampliar o público para as artes cênicas.

Fonte: Isabel Cardoso, Jornal Meio Norte