Vereador propõe viagra grátis para idosos

Velhinhos podem ganhar remédio de graça se comprovarem dificuldade

Preocupado com o desempenho sexual dos idosos de Parnamirim, no Rio Grande do Norte, o vereador Rosano Taveira (PRB) apresentou projeto na Câmara Municipal propondo que a prefeitura forneça gratuitamente medicamento destinado ao tratamento da disfunção erétil.

A proposta, apresentada no último dia 12, limita o ?vale-Viagra? a pessoas acima de 60 anos, com renda comprovada de até três salários mínimos e que obrigatoriamente tenha sido atendido por um médico da rede pública de saúde, para diagnóstico, prescrição da receita e avaliação periódica.

Taveira, que é coronel da reserva da Polícia Militar, justifica a proposta dizendo que a ?atividade sexual é, a exemplo de comer, respirar, dormir e pensar, uma necessidade humana?. Ao R7, ele disse que a ideia surgiu após um idoso da cidade lhe pedir dinheiro para comprar um remédio.

- Quando fui ver o remédio que ele queria comprar era o Viagra, daí resolvi fazer o projeto.

Para facilitar o trabalho do prefeito, o autor do projeto ainda dá opções de medicamentos que podem ser distribuídos, citando o sineldafil, valdenatil e tadalatil, principais princípios ativos dos remédios para disfunção erétil disponíveis no mercado.

Taveira, que tem 53 anos, garante que ele mesmo não será um dos beneficiados caso seu projeto seja aprovado e, segundo ele, ainda não precisou do "remedinho azul".

- Eu ainda não preciso, mas quando chegar aos 60, quem sabe, né?

O projeto ainda não foi a votação e, de acordo com previsão da Câmara, deve entrar na pauta quanto o vereador voltar de viagem que faz a Portugal, ainda nesta semana.

Fonte: g1, www.g1.com.br