Vetada do Mulheres Ricas pela família, ricaça detona V.Marchiori

Ela é uma das advogadas mais famosas de São Paulo, fala quatro idiomas

Ela é uma das advogadas mais famosas de São Paulo, fala quatro idiomas, fez balé clássico e hoje dança tango e sapateado. A cada dois meses, a bela cai no mundo para uma viagem, ocasião em que renova o guarda-roupa. Seu xodó? Nada menos do que uma coleção de peles. Seu esporte é o esqui, que pratica em Aspen. Carro só os que levam a assinatura da Mercedes, porque os demais são apenas ?condução?. Essas são algumas das características de Regina Manssur, uma das ricaças que compõem o time da segunda temporada do ?Mulheres Ricas?, que a Band estreia nesta segunda-feira.

Que fique claro: Regina, já apelidada de a ?sexta rica?, não faz parte do time fixo do reality. Tanto ela quanto Val Marchiori estão no programa para fazer participações especiais. E no caso da advogada se trata de aparições para lá de especiais, mesmo. O motivo? Regina foi uma das primeiras escolhidas para esta edição, no entanto, por causa de desentendimentos com sua família, que não a queria na atração de jeito nenhum, acabou aceitando fazer apenas as participações.

?Fiquei muito triste. Estava muito a fim, mas me rebelei mesmo e decidi: ?agora vou??, contou ela em conversa com o Starlounge. ?Recebi um telefonema da Band, me entrevistaram e disseram que algumas pessoas falaram que eu era a cara do programa. Passaram um dia comigo no meu escritório. Aí fui uma das primeiras a ser convidada, mas aconteceu uma tensão muito grande. E minha família permitiu apenas uma participação?, relembrou Regina.

Determinada a ?representar as mulheres com mais de 50 anos que são lindas, ricas e maravilhosas?, a advogada, que vai dividir a cena com Cozete Gomes, Aeileen Varejão, Narcisa Tamborindeguy, Mariana Mesquita e Andrea Nóbrega ? além de Val ?, diz que adorou as demais participantes. No entanto, estranhou-se com Marchiori. ?Comecei me dando bem com ela, mas a Val se assustou comigo. Ela não tem meu nível, sou tudo o que ela gostaria de ser, mas que nunca vai conseguir. Elegância vem de berço e meu inglês vai além do ?hello??.

Ansiosa para se ver na TV, Regina conta que não gravou muito porque tinha uma viagem marcada para o Japão. E sabe por qual razão? Corintiana roxa, ela foi prestigiar o clube no Mundial. ?Foi a coisa mais maravilhosa. A torcida se comportou muito bem. Mulher rica também é Corinthians?, afirmou ela, que já foi convidada para desfilar pela Gaviões no Carnaval. ?Estou pensando.?

E o que estar em um reality trouxe a Regina? Ela é sincera em responder: ?Por enquanto, só tenho coisa ruim, a briga, o stress, o entra e não entra e esse mal-estar com a Valdirene. Mas sou do bem, posso ser um pouco ácida nas minhas críticas, mas quero todo mundo feliz?, refletiu ela, que vai lançar um livro assim que o ?Mulheres Ricas? terminar. É esperar para ver!


Vetada do

Fonte: Star Lounge