Walcyr Carrasco ganha processo contra "Pânico" e leva R$ 100mil

Walcyr Carrasco ganha processo contra "Pânico" e leva R$ 100mil

A decisão foi da 2ª Câmara Cível do Rio de Janeiro.

Walcyr Carrasco ganhou o processo na justiça contra o programa "Pânico", condenado a pagar R$ 100 mil de indenização ao novelista da Globo. As informações são do colunista Alcelmo Gois, do jornal "O Globo" desta quinta-feira (3).

A decisão foi da 2ª Câmara Cível do Rio de Janeiro. Ricardo Brajterman, advogado de Walcyr, contou ao colunista que o "Pânico" debochou do novelista ao criar o personagem Walcyr Churrasco.

Walcyr Carrasco argumentou no processo que "jamais expôs sua intimidade e privacidade, nunca se apresentou publicamente como homem afetado, nunca tratou, em sua obra literária, o homossexualismo de forma vulgar, nem deu espaço para terceiros comentarem sua vida afetiva e íntima", segundo informou o jornal "Dia", desta quinta-feira (3).

Além de ser condenado a pagar a quantia pelo piada, a atração não poderá mais exibir imagens do novelista, incluindo caricaturas e sequer poderá citar o nome do autor, mesmo sob o contexto de brincadeira, caso contrário terá que se submeter a uma multa de R$ 50 mil a cada vez que envolver o nome do autor. Walcyr entrou com uma ação contra o "Pânico" em 2012.

No mesmo ano, o "Pânico" enfrentou outro processo, desta vez, movido por Silvio Santos por causa do personagem que imita o empresário do SBT. O "Dono do Baú" ganhou a ação na Justiça e o programa foi condenado a pagar R$ 200 mil reais de indenização ao apresentador. Após a decisão judicial, a atração violou a justiça e voltou a exibir imitações do empresário. O processo seguiu proibindo o "Pânico" de se aproximar em um raio de 100 metros do apresentador.

Fonte: msn