"Zorra Total" tem menor ibope desde estreia, mas ainda é líder na TV Globo

Em 2004, o humorístico exibido aos sábados pela Globo registrou 31,3 pontos de média.



Do início de 2004 ao final de 2013, o "Zorra Total", da Globo, vê seu público minguar. Embora ainda seja líder isolado e inconteste de ibope em seu horário, o programa - com quadros cada vez mais sem graça -, viu seu telespectador principal, formado pelas classes B, C e D, trocar de canal, ir para a TV paga, assistir DVDs, ficar navegando na internet ou brincar com games.

Em 2004, o humorístico exibido aos sábados pela Globo registrou 31,3 pontos de média.

No ano passado, porém, fincou a pior média em todos os tempos: 18,3 pontos (cada ponto vale por 62 mil domicílios na Grande SP).

O ano de 2013 foi também o que o "Zorra" obteve a menor participação no universo de TVs ligadas (o chamado "share").

Até então a menor audiência marcada pelo "Zorra" fora um ano antes, em 2012, com 20,6 pontos de média e "share" de 40%.

Para efeito de comparação, em 2004 havia pelo menos 53 em cada 100 TVs no sábado à noite sintonizadas no programa. No ano passado esse número baixou para 36 em cada 100 aparelhos.

A perda de ibope do "Zorra" pouco refletiu na concorrência. Ou seja, números apontam que o público que fugiu do programa não migrou para outros canais abertos.

Nem Record, nem SBT ou mesmo Band ou RedeTV! ganharam público relevante com a queda do produto da Globo nos sábados à noite.

A única explicação que resta para a fuga (além de quadros e de textos que chegam a ser constrangedores) é que muitos telespectadores realmente estão trocando a TV aberta pela internet, TV fechada, DVDs e games. Ou a rua.

Fonte: UOL