2 a 0: Cruzeiro bate América-TO e vence a 4ª seguida no Mineiro

2 a 0: Cruzeiro bate América-TO e vence a 4ª seguida no Mineiro

Os dois gols do Cruzeiro foram marcados por Wellington Paulista.

Disposto a apagar a temporada passada, em que foi muito mal e marcou apenas cinco gols, Wellington Paulista tem mostrado que é outro jogador neste início de ano. Com dois gols do atacante, o Cruzeiro venceu o América-TO, por 2 a 0, neste sábado, na Arena do Jacaré, e conquistou a quarta vitória seguida no Campeonato Mineiro.

Ainda no primeiro tempo Wellington Paulista abriu o placar aos 23min, em cobrança de pênalti, e ampliou aos 43min. Com seis gols marcados, o atacante reassumiu a artilharia do Estadual e ultrapassou André, do Atlético-MG, que tem cinco e estará em campo neste domingo, no clássico com o América-MG.

Recentemente, na vitória sobre o Nacional de Nova Serrana, por 4 a 2, Wellington Paulista já havia marcado três vezes. Porém, o atacante, que recebeu o terceiro cartão amarelo, desfalcará o Cruzeiro diante do Villa Nova no próximo domingo. Ele também não enfrenta o Rio Branco, do Acre, na próxima quarta-feira, na estreia no time celeste na Copa do Brasil, por estar suspenso.

Próximo da estreia na Copa do Brasil, o Cruzeiro manter a sequência de vitórias e chegou a 12 pontos no Mineiro. Depois de estrear com derrota para o Guarani, por 1 a 0, o time celeste obteve quatro vitórias. Apesar da boa sequência, a equipe comandada por Vágner Mancini permaneceum em terceiro lugar, atrás de Atlético e América, que se enfrentam neste domingo em duelo que vale a liderança.

O Cruzeiro precisou jogar apenas um tempo para garantiu a vitória neste sábado. Na primeira etapa, a equipe celeste começou pressionando o adversário desde que a bola rolou. Porém, só conseguiu marcar em cobrança de pênalti, sofrido por Diego Renan, em lance com Felipe Dias. Wellington Paulista bateu forte no canto direito.

América, que pouco produziu, teve a chance de empatar aos 27min. Geraldo recebeu na entrada da área e chutou rasteiro, mas Fábio defendeu e no rebote a defesa celeste afastou o perigo.

O Cruzeiro ampliou no final do primeiro tempo. Depois de uma jogada em velocidade, Anselmo Ramon rolou para Wellington Paulista, que bateu de primeira à meia altura e acertou o canto direito de Fábio Noronha.

No segundo tempo, o Cruzeiro diminuiu o ritmo e criou poucas jogadas de gols. Somente depois dos 30min é que o time celeste resolver foi para cima do adversário e teve chance para ampliar. O goleiro americano Fábio Noronha fez defesas importantes.

No final da partida, o atacante Karreta, que entrou no segundo tempo, apelou ao ser driblado por Wallyson e chutou o atacante cruzeirense. O árbitro não teve dúvida em expulsá-lo de campo.

Fonte: UOL