41% das obras da Copa do Mundo de 2014 ainda não começaram

41% das obras da Copa do Mundo de 2014 ainda não começaram

Segundo o Governo Federal, dos 101 empreendimentos previstos para a preparação do país, 41 nem começaram a sair do papel

Quatro de cada dez obras previstas para a Copa do Mundo ainda não foram iniciadas. Faltando 750 dias para o início do Mundial de 2014, dos 101 empreendimentos previstos para a preparação do país, 41 nem começaram a sair do papel. Ou seja, 40,6% do que é necessário para a realização da Copa não começou a ser feito.

Dessas obras, nove foram contratadas, mas não iniciadas; 17 estão em licitação; e 15 só no projeto. Das 101 obras previstas, 55 estão em andamento e cinco foram concluídas.

A área de mobilidade urbana é a que tem mais obras paradas. Das 51 previstas, 28 (55%) começaram. O restante (45%) ainda não sequer foi iniciado.

No caso dos aeroportos, o andamento das obras é um pouco melhor. Das 31 obras previstas, 60% foram iniciadas. Já entre os portos, quatro das sete obras programadas já começaram a sair do papel.

Todos esses dados constam do terceiro balanço das obras para a Copa do Mundo de 2014, divulgado nesta quarta-feira pelo Ministério do Esporte. O evento reuniu, além do ministro Aldo Rebelo, os ministros do Planejamento, Miriam Belchior; das Cidades, Aguinaldo Ribeiro; da Secretaria Especial de Aviação Civil, Wagner Bittencourt; e da Secretaria de Portos, Leônidas Cristino. Todos estão envolvidos com a Copa.

Apesar do grande número de obras ainda paradas, o ministro Rebelo se mostrou confiante quanto à preparação do Brasil para o Mundial. Segundo ele, o início de cada empreendimento demanda uma série de exigências legais e isso toma tempo. Entretanto, Aldo disse que esse tempo já foi contabilizado nos projetos. Portanto, o cronograma está adequado aos prazos.

De acordo com estimativas divulgadas nesta terça-feira, 85% das obras para a Copa serão entregues até o final de 2013. Das 101 obras para a Copa, 17 devem ficar mesmo para 2014.

Fonte: UOL