" A briga apenas começou", disse Patrícia Amorim, Presidente do Fla

Presidente apresenta documentos que comprovam Fla campeão de 87 ao lado do Sport

A decisão da CBF de dar a Taça de Bolinhas para o São Paulo foi duramente criticada pela presidente Patrícia Amorim na entrevista coletiva realizada na Gávea na manhã desta quinta-feira. Munida de documentos do Clube dos 13 de diferentes épocas, ela disse que o Flamengo está preparado para enfrentar uma briga jurídica e política para provar que o título do Brasileiro de 1987 foi conquistado dentro de campo.

- O Flamengo vai apresentar esses documentos. Nós buscamos o que nós julgamos necessário para que o título seja reconhecido. A briga apenas começou. Confio no nosso departamento jurídico e na possibilidade de reverter essa situação ? disse Patrícia.

A dirigente também afirmou que a decisão da CBF foi divulgada em momento inoportuno e que tudo leva a crer que tenha sido uma espécie de retaliação ao Flamengo, que apoiou Fábio Koff nas eleições do Clube dos 13, esta semana. Ricardo Teixeira apoiou Kléber Leite, ex-presidente rubro-negro e que também estava ao lado de Marcio Braga, antecessor de Patrícia. Ela também repudiou a pressão que os dois fizeram no processo eleitoral.

Fonte: Globo Esporte