À espera de Valdívia, Lincoln promete futebol 100%

Curiosamente, o meia revela que atuou no sacrifício no primeiro semestre.

Desde que chegou ao Palmeiras, Lincoln tem recebido elogios de torcedores por sua habilidade e criatividade no meio-campo. Curiosamente, o meia revela que atuou no sacrifício no primeiro semestre. Após um mês de treinos durante a Copa do Mundo, o camisa 99 aposta em um desempenho ainda melhor na sequência do Campeonato Brasileiro, quando deve formar, aliás, uma parceria com o chileno Valdívia.

"Antes, eu era obrigado a me esforçar muito para jogar. Agora, podemos dizer que fiz pela primeira vez uma pré-temporada completa. Estou em condições de jogar melhor", diz o atleta, extremamente otimista.

Aos 31 anos, Lincoln será um dos pilares do novo Palmeiras de Luiz Felipe Scolari, sobretudo após as perdas de meio-campistas que faziam a diferença, como Cleiton Xavier e Diego Souza. Experiente, o jogador é mais um a reforçar o coro de paciência no Palestra Itália.

"Sem demagogia, todo time precisa de tempo para se formar. Não tem como apostar em uma equipe sem um período de adaptação. Precisamos de paciência", avisa.

Na visão de Lincoln, a presença de Luiz Felipe Scolari traz uma vantagem ao Palmeiras no projeto para retomar a conquista de títulos. O meia considera fundamental a identificação do treinador com o Verdão. "Ele tinha 10 ou 20 propostas e preferiu vir para cá", comemora Lincoln.

Fonte: Terra