A rotina de ausências: Adriano faltou ao treinamento pela 12ª vez neste ano

A rotina de ausências: Adriano faltou ao treinamento pela 12ª vez neste ano

Atacante teria reatado o namoro com Joana Prado e foi visto em Ipanema

Na visita que fez ao Ninho do Urubu neste sábado, o auxiliar da seleção brasileira, Jorginho, testemunhou um fato recorrente em 2010 no Flamengo: a ausência de Adriano dos treinamentos. Esta foi a 12ª vez que o Imperador faltou ao trabalho no ano, sem contar quando já estava liberado previamente ou quando foi ao clube, mas saiu mais cedo sem realizar qualquer atividade.

Segundo jornalistas, o atacante foi visto em Ipanema na tarde desse sábado, na companhia de Joana Machado, com quem teria reatado o relacionamento, após uma separação no mês passado.

No entanto, não são apenas as faltas a treinos que marcam o ano de Adriano no Flamengo. Ele tampouco tem realizado com frequência os treinos regenerativos nos dias seguintes aos jogos. Costuma ir ao Ninho do Urubu ou à Gávea, mas fica apenas alguns minutos, não realiza qualquer atividade física e vai embora - muitas vezes sem sequer trocar de uniforme. A consequência disso é o visível mau condicionamento físico que ele tem apresentado desde a pré-temporada.

Uma das poucas vezes em que Adriano faltou a um treino com a liberação prévia da diretoria e com uma justificativa plausível foi no dia 25 de março. Na ocasião, ele não foi à Gávea por ter de prestar depoimento na 22ª DP (Penha) por suposto envolvimento com traficantes.

Há também casos como o de domingo na Semana Santa, quando Adriano não abriu mão de sua folga e, assim, não fez tratamento para as dores que sentiu nas costas no dia anterior. Com isso, apresentou-se em piores condições na segunda-feira e desfalcou o time em três jogos importantes: a semifinal da Taça Rio, contra o Vasco, e os duelos contra Universidad de Chile e Católica, pela Libertadores. Em dezembro, Maldonado perdeu suas férias para recuperar-se mais rápido da cirurgia no joelho esquerdo.

A ausência neste sábado, no Ninho do Urubu, foi a primeira após a demissão do vice de futebol Marcos Braz - que era o responsável por liberar Adriano das atividades. A explicação do sumiço só veio na noite de sábado, pouco depois das 20h, por meio de sua assessoria de imprensa, que explicou que a mãe, Rosilda, teve problemas graves, sem especificar quais.

No Flamengo, o constrangimento deste sábado pode ser contornado com Adriano treinando em período integral para compensar a falta e pedindo desculpas ao grupo e à diretoria. No entanto, o fato de Jorginho ter comparecido ao Ninho do Urubu expôs o comportamento que tem norteado a carreira de Adriano em 2010.

Somente daqui a dez dias, quando Dunga divulgar a lista dos jogadores convocados para a Copa do Mundo na África do Sul, é que será possível ter uma noção do que representaram todas essas faltas no ano. Afinal, suas ausências no Flamengo podem representar também o seu afastamento da seleção brasileira.

Fonte: Globo Esporte