Pato é blindado e ganha apoio dos atletas para superar má fase

Pato é blindado e ganha apoio dos atletas para superar má fase

Jogadores mostram solidariedade em má fase do atacante, reforço mais caro de 2013. Apatia tem preocupado dirigentes e torcedores

Cobrado pelo técnico Tite, relegado à condição de reserva e perseguido pela torcida do Corinthians, o atacante Alexandre Pato acabou ?blindado? pelo grupo para evitar que se perca em meio à má fase. Tratado como principal culpado pela eliminação da Copa do Brasil, contra o Grêmio, Pato se mostrou abatido desde então e recebeu apoio dentro do elenco ? após as devidas cobranças.

Artilheiro do Corinthians no Campeonato Brasileiro e reforço mais caro contratado para a temporada (cerca de R$ 40 milhões), Pato tem sete jogos até o fim de 2013 para provar que pode justificar o valor investido. A diretoria alvinegra fala em manter o jogador no elenco, mas não descarta estudar possíveis propostas em janeiro, com a janela de transferências ativa.

Enquanto isso, o elenco tenta retomar o melhor ambiente possível para Pato se readaptar e tentar ajudar o Corinthians na reta final do Brasileirão. Contratado na mesma época do atacante, o meia Renato Augusto admitiu as cobranças, mas avisou que acredita em uma volta por cima do jogador.

? Há uma cobrança entre os jogadores, claro, principalmente por ele ser um cara que pode decidir jogos para nós. Há uma cobrança natural, mas agora ele está focado nos jogos que ainda temos ? explicou Renato.

Na visão de torcedores e alguns dirigentes, Pato não tem sido tão integrado a um chamado ?espírito corintiano?, de muita garra, luta e disposição. Xingado por torcedores no empate por 1 a 1 com o Santos, em Araraquara, o atacante reagiu com frieza ? essa é a principal crítica feita a ele.

Em Porto Alegre, após perder o pênalti decisivo que decretou a eliminação contra o Grêmio, Pato ouviu calado as fortes cobranças de Tite no vestiário. Pouco depois, foi o único jogador a deixar a Arena gremista escoltado por seguranças. O semblante, mais uma vez, era de abatimento.

? Tudo que é conversado em casa é mais fácil de ser resolvido. Normal termos tido uma conversa mais séria naquele momento. A cobrança é natural ? disse Renato Augusto.

Sem saber se será titular contra o Vitória, domingo, em Salvador, Pato não apareceu no gramado do CT Joaquim Grava nesta terça-feira ? ficou apenas fazendo trabalhos físicos. O reforço milionário tem mais sete jogos para tentar salvar uma temporada com mais problemas do que soluções para o Timão.

Fonte: GloboEsporte