Aclamado pela torcida, Gaúcho não garante seguir no Atlético-MG

Aclamado pela torcida, Gaúcho não garante seguir no Atlético-MG

Aclamado pela torcida, que pede sua permanência, Ronaldinho não garante seguir no Atlético

Autor do gol salvador, que deu o empate do Atlético-MG, por 2 a 2, com o Atlético-GO, na tarde deste domingo, o meia-atacante Ronaldinho Gaúcho chamou a responsabilidade do jogo e viu dos torcedores presentes ao Independência manifestação para que ele renove seu contrato para 2013.

O entusiasmo do torcedor, no entanto, não mudou o discurso cauteloso do jogador, que mandou três bolas na trave em cobranças de faltas. ?Não é só no estádio, em qualquer lugar que saio é este grito, este pedido, eu respondo para todos que o meu pensamento é levar o Galo à Libertadores?, afirmou.

?Depois vamos deixar o meu irmão conversar com o presidente e escolher, definir o melhor, eu quero jogar bem nestes jogos finais e depois pensar com calma?, acrescentou Ronaldinho gaúcho, referindo-se ao empresário Roberto de Assis, que esteve no Independência, neste domingo, e mostrou discurso afinado com o irmão.

Ao longo de todo o duelo deste domingo, Ronaldinho Gaúcho ouviu gritos de ?fica Ronaldinho?, que se intensificaram quando o meia-atacante marcou o gol de empate, aos 45 minutos do segundo tempo. O jogador comemorou o tento assinalado juntamente com a torcida.

Ronaldinho Gaúcho reconheceu que a manifestação o emocionou. ?Mexe com todo mundo, quem não tem nada a vê com isso mexe, estou muito feliz com isso, quero dedicar ao máximo para retribuir?, disse.

O jogador afirmou que se sentiu surpreendido com o carinho diário da torcida. ?Mexe todo dia, o carinho que a torcida do galo tem comigo, algo que não sei explicar, tem pouco tempo, cheguei ao galo em um momento diferente, muito tempo que o time não brigava pelo título, pela Libertadores, fico feliz?, afirmou Ronaldinho.

O Atlético saiu perdendo por 2 a 0, mas conseguiu o empate nos momentos finais da partida, após acertar a trave do Atlético-GO em cinco oportunidades, três com Ronaldinho Gaúcho. ?Difícil entrar, o goleiro fez uma bela defesa, a bola bateu na trave, mas consegui marcar?, reconheceu.

Ronaldinho não criticou o tropeço em casa diante do lanterna e disse que ainda acredita no segundo lugar. ?Momento é de ter tranquilidade, faltam dois jogos, temos de dar o máximo para entrar bem na Libertadores?, disse.

Fonte: UOL