Acusado por escalar Oscar, Inter ganha respaldo da CBF; confira

Documento da CBF dá respaldo a Internacional


Acusado por escalar Oscar, Inter ganha respaldo da CBF
O Juan Aurich pretende entrar com recurso na Conmebol para conseguir três pontos referentes à partida contra o Internacional, que terminou com vitória gaúcha por 2 a 0 no Beira-Rio, pela primeira partida da fase de grupos da Copa Libertadores. A alegação da equipe peruana é que o time brasileiro usou irregularmente o meia Oscar, que perdeu disputa judicial com o São Paulo.

O Inter, porém, se diz tranquilo em relação à denúncia feita pelo clube peruano, e recebeu respaldo da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). A entidade já enviou para a Conmebol um ofício assinado pelo secretário geral Julio Cesar Avelleda atestando que o jogador está inscrito de maneira correta e que a denúncia é improcedente.

"Realmente a CBF justificou para a Conmebol através de um ofício constatando a correta inscrição do meia Oscar no Internacional. Nós estamos tranquilos e o jogador tem contrato em vigor com o clube e segue atuando sem problemas", disse Rogério Pastl, advogado do Inter.

Uma fonte ligada ao presidente colorado Giovanni Luigi afirmou que o clube peruano foi incentivado pelo São Paulo a recorrer na Conmebol alegando irregularidade na inscrição do meia Oscar.

"Isto é manobra do São Paulo para desestabilizar o jogador e o Inter, mas está comprovado que o Oscar esta inscrito de maneira correta", afirmou um dirigente ligado ao presidente colorado que optou por não se identificar.

Oscar fez o primeiro gol na vitória sobre o Juan Aurich no último dia 9 de fevereiro. Isto ocorreu no mesmo dia em que o São Paulo afirmou que havia notificado Internacional e Federação Gaúcha de Futebol (FGF) sobre decisão do Tribunal Regional de Trabalho (TRT) favorável ao clube paulista em relação a recurso contra o meia.

Oscar deixou o Morumbi em 2010 para atuar no Internacional por meio de rompimento de contrato conferido em ação judicial. O São Paulo ainda relatou à CBF e Federação Paulista de Futebol (FPF) sobre o resultado do acórdão. A ação do Juan Aurich tem como origem a vitória são-paulina no TRT.

"Nos inteiramos na cidade de Porto Alegre sobre a reclamação do São Paulo pelo jogador Oscar, sobre o fato de que ele lhe pertence e o tema está na comissão de justiça do País", disse Alberto Alva, dirigente do Juan Aurich, à rádio local Ovación.

"Fizemos consultas sobre o caso (...). Temos que ver no regulamento da Copa (Libertadores), que diz claramente que os jogadores devem estar devidamente inscritos. Com base nisso, procedemos ao recurso", explicou.

Confira a seguir o conteúdo da nota emitida pela CBF:

Com base do que consta nos registros desta entidade certificamos que o jogador Oscar dos Santos Emboaba Junior, nº de inscrição 188.459 se encontra regularmente inscrito como jogador profissional do Sport Club Internacional (RS) nos termos do contrato nº RS2011009170 com vigencia de 25-08-2011 a 24-05-2016.

Como se vê não tem consistência a improvada alegação do Club Juan Aurich da Federação Peruana de Futebol. Já que em nove de fevereiro de 2012 o jogador Oscar dos Santos Emboaba Junior se encontrava regularmente registrado e com condição de jogo pelo Sport Club Internacional (RS).

Fonte: Terra, www.terra.com.br