Adeus do Fenômeno ganha a capa em jornal espanhol

Olé ‘tira o chapéu’ para Ronaldo

Acostumado a satirizar Ronaldo nos últimos tempos, principalmente pela sua forma física, o jornal Olé resolveu deixar de lado a rivalidade Brasil e Argentina, e fez de sua capa uma homenagem para o ex-atacante brasileiro Ronaldo Nazário.

- Un viejo adversario despide a un amigo (Um velho adversário se despede de um amigo) ? frase dita por Ricardo Balbín no funeral de Juan Domingo Perón, em 1974, e utilizada pelo jornal para se referir a um dos maiores noves da história do futebol mundial.

Em seu editoral, escrito pelo jornalista Jorge Mario Trasmonte, cujo título é: ?Hoje o Olé tira o chapéu?, o jornal se despe de toda e qualquer rivalidade para reconhecer o futebol de Ronaldo e seus feitos para o futebol mundial.

- Como torcedores da Seleção Argentina, sofremos. O tememos. Brincamos com ele, e também gozamos, por um ou outro escândalo público que vazou de seu país para o mundo, até por seu corpo mais ?redondinho? do que se espera de um atleta. Agora, como torcedores de futebol, sejamos sérios e justos, também o desfrutamos. É que Ronaldo Nazario de Lima foi, por muito tempo, a figura e o goleador do nosso mais passional adversário esportivo ? assim começa a despedida do Olé ao craque brasileiro, e termina, da melhor forma do jornal, com uma leve provocação:



- Ronaldo é, além de um símbolo do nosso maior rival, é o maior jogador existiu na era pós-Maradona e antes de Messi.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com