Adilson Batista é apresentado e confia: "O Vasco vai permanecer"

O técnico mostrou confiança ao falar de sua empreitada durante entrevista coletiva concedida em São Januário

Adilson Batista foi apresentado na tarde desta terça-feira como novo treinador do Vasco. Ele vai comandar a equipe nas sete últimas rodadas do Campeonato Brasileiro para tentar evitar o rebaixamento cruz-maltino (atualmente é o 18º colocado). O técnico mostrou confiança ao falar de sua empreitada durante entrevista coletiva concedida em São Januário, na tarde desta terça-feira, pouco depois de acertar o contrato que vai somente até o fim da atual temporada.

- Gostaria de agradecer pelo convite. Sei da grandeza do clube, infelizmente o momento é dificil, mas acredito no trabalho, com o apoio de todos, do torcedor, que e fanático, tenho certeza de que o Vasco vai conseguir seu objetivo e vai permanecer. Estou muito feliz por estar num grande clube - disse ele, em entrevista coletiva que iniciou com cerca de uma hora de atraso e sob forte calor na sala de imprensa de São Januário.

Sem trabalhar desde que comandou o Figueirense na Série B, Adilson Batista afirmou ter acompanhado algumas partidas do Vasco ultimamente. No entanto, lembrou que nos próximos dias vai conversar o máximo possível com os profissionais do clube para conhecer mais o elenco, já que haverá pouco tempo de trabalho.

- Vejo potencial nesse grupo. É evidente que aqueles que estão no dia a dia podem responder melhor. Estou ouvindo as pessoas e vou tentar encontrar as soluções para diminuir os erros e voltar a ter confiança.

Aos 45 anos, Adilson Batista ainda ser novo o suficiente para encarar desafios como o que inicia neste momento. O treinador reforçou a confiança de que, apesar do pouco tempo disponível, poderá fazer do Vasco uma equipe competitiva e capaz de alcançar um aproveitamento digno de campeão para escapar do rebaixamento.

- Não dá para dizer não para um Vasco da Gama. São sete decisões, então vamos enfrentar o desafio e respirar Vasco a partir de agora. Às vezes é gostoso esse tipo de desafio e estou preparado.

Com três dias de treinamentos até o jogo contra o Coritiba - sábado, em Macaé (RJ) -, Adilson Batista lembrou que nos próximos 40 dias terá algumas semanas somente de treinamentos para preparar a equipe. Mesmo assim, deixou claro que não pretende fazer muitas modificações, inclusive no gol.

- O Alessandro também fez duas defesas quase impossíveis no último jogo. Não é hora de fazer experiências, de apostar nesse ou naquele. Vou conversar com o Carlos Germano e passar confiança para que haja uma sequência boa. Serão 40 dias de trabalho, de dedicação e de respeitar o Vasco. Sou mais do trabalho em campo. O lado profissional tem que existir, e a responsabilidade em prol da instituição é maior do que todos nós - destacou.

O novo técnico do Vasco ainda resumiu o que pretende ver no Estádio Cláudio Moacyr, neste sábado, contra um adversário direto na luta contra o rebaixamento.

- Espero um time competitivo, organizado, com responsabilidade, ambição e gana. Precisa jogar bola.





Fonte: GloboEsporte