Adriano cobra dinheiro do Corinthians em ação na Justiça

Adriano cobra dinheiro do Corinthians em ação na Justiça

O atacante não fala publicamente sobre o assunto, mas cobra na Justiça R$ 800 mil. Ele recebia R$ 300 mil de salário e R$ 200 mil de imagem por mês.

Na ação que move contra o Corinthians na Justiça do Trabalho, Adriano cobra quatro meses de direitos de imagem atrasados. Alega que não recebeu de dezembro de 2011 a março a março de 2012.

Procurada pelo blog, a assessoria de imprensa do clube afirmou que os direitos de imagem são pagos mediante a apresentação de nota fiscal por parte dos jogadores. E que o Imperador não apresentou as suas nesse período. Irá receber assim que apresentar as notas.

O atacante não fala publicamente sobre o assunto, mas cobra na Justiça R$ 800 mil. Ele recebia R$ 300 mil de salário e R$ 200 mil de imagem por mês.

Adriano acionou o Corinthians após o clube anunciar que ele foi demitido por justa causa, apesar de inicialmente os corintianos alegarem uma rescisão amigável.

Um acordo chegou a ser alinhavado para que o jogador recebesse uma indenização em quatro parcelas, mas acabou não sendo levado adiante.

Na Justiça, os direitos de imagem podem ser considerados como salário. Isso provocaria um novo cálculo de valores pagos ao atleta, como férias proporcionais e 13º salário.

Fonte: UOL