Adriano comunica ao Flamengo que vai continuar no clube

Adriano comunica ao Flamengo que vai continuar no clube

Empresário avisa a Zinho que o Imperador aceita exigências do clube e vai seguir.

A resposta que Zinho esperava chegou. Na noite desta segunda-feira, o diretor de futebol do Flamengo foi procurado por Luca, empresário de Adriano, e ouviu que o atacante vai se apresentar para treinar na manhã desta terça, às 9h30m, no Ninho do Urubu. Na parte da tarde, o jogador esteve no CT e conversou com Zinho sobre a falta ao treino do último sábado. Em entrevista coletiva, o dirigente chegou a dizer que o futuro do Imperador era incerto e revelou que o atacante admitiu até mesmo encerrar a carreira. Por ter faltado ao treino de sábado, o jogador recebeu a terceira advertência, o que permite ao clube rescindir a qualquer momento o contrato que vai até dezembro, mas esta opção foi deixada de lado por enquanto.

Depois da conversa com Zinho no CT, Adriano descansou. No contato com o diretor, o empresário do atacante disse que ele pensou melhor e que irá aceitar as exigências impostas pelo clube. O Flamengo suspendeu o contrato de imagem do atacante, que não vai receber a quantia correspondente a essa parte do salário no mês de setembro. O Imperador não poderá perder mais nenhum treino e o diretor de futebol vai exigir um acompanhamento permanente da parte emocional do atacante, que pode ser feito por um psicólogo.

- Quem me ligou foi o empresário dele, dizendo que o Adriano refletiu, que concordou com tudo o que eu falei e que estava disposto a tentar e a iniciar o trabalho de novo. Estava torcendo por isso e espero que ele cumpra. Se seguir com os treinos normais, se tiver essa conduta, volto com o contrato de direitos de imagem dele ao normal. Tem que ter esse acompanhamento (com um profissional de psicologia ou psiquiatria), vamos dar essa contribuição para ele. Vamos esperar ele se reapresentar e definir isso.

Sobre o início do treinos com o grupo, que estava previsto para esta segunda-feira, Zinho preferiu aguardar uma nova avaliação do departamento médico e da equipe de preparação física para informar a escolha de uma nova data.

- Vou levá-lo ao departamento médico e traçar a programação, vamos ver como ele vai estar, se faz musculação, fisioterapia, se dá uma corridinha. Vamos ver se inicia o projeto de treinar normal com o grupo.

Adriano apresentou-se no CT antes de 15h, hora do início do treino do Flamengo. O atacante seguiu diretamente para uma conversa com o diretor de futebol do clube, Zinho, para apresentar suas explicações para o novo sumiço. O jogador apareceu no CT na companhia de seu empresário, Luca. Depois da reunião de aproximadamente uma hora de duração, Adriano deixou o centro de treinamento em seu carro.

O atacante perdeu atividades desde sexta-feira à tarde. Dois dias e meio no total. Na sexta, o jogador ligou para Zinho e pediu liberação para resolver problemas particulares. No sábado pela manhã, porém, nem a voz do jogador foi ouvida. Por SMS, ele explicou ao diretor de futebol que não estaria presente, inclusive no domingo.

Zinho minimizou a importância das notícias de que Adriano foi visto num show na noite de sexta, na Barra da Tijuca, na companhia de outros jogadores do grupo. Mas disse que pediu aos atletas mais próximos do camisa 10 que não o convidem para qualquer tipo de evento.

- Aos que são mais chegados, peço para ajudar, para não convidar para momentos de lazer. Uns têm controle, o Adriano no momento não tem. Mas isso está sendo muito bloqueado no dia a dia do trabalho. Passei para o Adriano que o que cheguei aqui e implantei, de profissionalismo, de conduta, o meu grupo está 100%. O ambiente de grupo, de conduta dos atletas, de envolvimento, de comprometimento, é sensacional ? afirmou o dirigente.

Fonte: GloboEsporte