Adriano está com menor peso desde sua chegada ao Timão

Fábio Mahseredjian fala em melhora, mas não garante atacante para o confronto contra o São Caetano


Adriano está com menor peso desde sua chegada ao Timão

Adriano briga com a balança desde o dia em que foi contratado pelo Corinthians, no ano passado. Após passar por um período afastado e confinado no CT Joaquim Grava, para entrar definitivamente em forma, enfim as coisas parecem ter mudado para o jogador. Nesta quinta-feira, no desembarque do Timão após o empate contra o Deportivo Táchira, pela Libertadores, o preparador físico Fábio Mahseredjian afirmou que o Imperador emagreceu.

- Ele atingiu o menor peso corporal desde que chegou - garantiu, sem citar o peso perdido.

Adriano está cotado para jogar neste sábado, contra o São Caetano, às 16h20m, no Estádio Anacleto Campanella. Tite não confirmou, mas deve optar por um time reserva na partida válida pelo Campeonato Paulista. Sobre a participação do Imperador na partida, o treinador deixa a responsabilidade para o preparador físico, que pediu calma para avaliar o camisa 10 do Timão.

- Ainda não (está confirmado). Vamos observar o treinamento dele na tarde desta quinta-feira e ver como vai se apresentar. O Adriano evoluiu na semana passada, mas dissemos a ele que precisa ter continuidade na evolução. Se teve, tem grandes chances (de jogar). Vamos observar nos treinos.

O período de treinos no CT Joaquim Grava continuou enquanto o restante do grupo esteve na Venezuela, para a estreia da Libertadores. Desde a última quarta-feira, o atleta voltou para o confinamento para ter alimentação controlada e um período maior de atividades físicas. Por isso, é esperado que ele tenha voltado a perder peso, coisa que não aconteceu há duas semanas.

Sobre a aparição de Adriano em uma casa noturna durante o fim de semana, Fábio diminuiu o caso e disse que o jogador está livre para fazer o que quiser nos dias de folga.

- Ele foi liberado da concentração no sábado pós-almoço, então ele não fugiu de nada (risos). Até porque não é presidiário para fugir. Falam de confinamento. Teve sábado à tarde e domingo de folga, se apresentou na segunda-feira e treinou dois períodos. Tem a liberdade de ir onde bem entender, é adulto. No tempo que ficou na concentração, ficou direto lá concentrado. E se reapresentou na segunda-feira muito bem. Não acredito que tenha exagerado - garantiu.

Adriano correu risco de ficar fora da lista de inscritos para a Taça Libertadores por não ter se dedicado nos treinamentos da semana retrasada. Depois da confirmação da presença na competição, o preparador relatou uma vontade extra do atacante.

- O mais legal é o seguinte: ele está se concientizando da necessidade de fazer o que está fazendo. Que sem ter condições físicas plenas, não vai conseguir mostrar o seu futebol. Ele tem essa noção. Quando acabou jogo do Flamengo (amistoso, em 15 de janeiro), ele nos procurou e falou que não dava para jogar. Então o chamamos para mostrar que ele evoluía em uma semana e involuía em outra. Mostramos a necessidade de ficar concentrado, controlando peso e alimentação - explicou.



Fonte: Globo Esporte