Adriano marca, Timão vence Botafogo-SP e mantém liderança no Camp. Paulista 2012

Adriano marca, Timão vence Botafogo-SP e mantém liderança no Camp. Paulista 2012

Adriano marcou pela segunda vez com a camisa corintiana

Adriano voltou a balançar as redes pelo Corinthians. Depois de ter anotado na vitória sobre o Atlético-MG em 20 de novembro do ano passado, o atacante novamente comemorou com a torcida no Estádio do Pacaembu. Na noite deste sábado, com o único tento anotado pelo camisa 10, o clube do Parque São Jorge derrotou o Botafogo-SP pelo placar de 1 a 0 e manteve a liderança do Campeonato Paulista.

Embalado pelo segundo gol de Adriano pela equipe - ambos marcados no Estádio Paulo Machado de Carvalho -, o Corinthians chegou aos 26 pontos e abriu quatro em relação ao Guarani, que entra em campo neste domingo para enfrentar o Guaratinguetá. Já o Botafogo-SP segue com apenas seis pontos na competição.

O confronto desta tarde de sábado comprovou a melhora física de Adriano nas últimas semanas. O trabalho da comissão técnica corintiana tornou o jogador mais ativo e com uma maior mobilidade, e logo aos 3min de jogo os resultados foram comprovados. O camisa 10 se esticou todo, após chute errado de Alex, e tocou para as redes, anotando o tento da vitória da equipe alvinegra neste sábado.

Fora o gol, Adriano ainda perdeu pelo menos mais duas ótimas oportunidades de balançar as redes defendidas por Juninho. Durante o segundo tempo, o centroavante apresentou-se para o jogo, ganhou disputas e empolgou o público. A atitude do camisa 10 em campo acabou recompensada: Tite deixou o autor do gol corintiano durante toda a partida dentro de campo - situação inédita desde que ele assinou pelo time paulista.

Embalado pela vitória e pela melhora de Adriano, o Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, às 22h (de Brasília), quando terá pela frente o Catanduvense, no Estádio do Pacaembu. Por outro lado, o Botafogo-SP recebe na quinta-feira, às 21h, no Estádio Santa Cruz, a Ponte Preta, equipe goleada neste sábado por 6 a 1 pelo Santos, de Neymar e Paulo Henrique Ganso.

Fonte: Terra, www.terra.com.br