""Adriano pensou em se suicidar"", diz mãe a jornal italiano

""Adriano pensou em se suicidar"", diz mãe a jornal italiano

Dona Rosilda diz que a origem da depressão do filho foi a morte do pai

O período de depressão que Adriano passou nos últimos meses de Inter de Milão é conhecido por todos, mas a mãe do jogador, dona Rosilda, relembrou os difícieis momentos que o atacante passou em entrevista ao jornal italiano "Gazzetta dello Sport". Segundo ela, Adriano chegou a falar em se matar, por isso voltou para o Brasil (para as suas raízes, como disse à época), chegou a afirmar que abandonaria o futebol, mas pouco tempo depois assinou contrato com o Flamengo, onde ficou por cerca de um ano. Mas segundo a mãe do atleta foi o Roma que o fez renascer.

- Um dia, quando estava na Itália, ele me ligou e disse não aguentar mais, ele queria parar com o futebol. Ele me disse que estava pensando em suicídio. Agora ele está de volta e claro que eu tenho que agradecer ao Roma, que lhe deu uma oportunidade - disse ela.

Como o próprio jogador já havia revelado, dona Rosilda diz que a origem da depressão do filho foi a morte do pai:

- Isso nunca passou. Seus críticos falavam mal sem saber realmente o que estava acontecendo, e ele entrou em colapso. Eu lhe disse para agir com o coração, porque nada é mais importante que a sua felicidade. E se tivesse que desistir do futebol para obtê-la, não há problema.

Apesar de o pior momento ter acontecido quando Adriano jogava pelo Inter de Milão, ela agradece ao clube:

- Nós seremos sempre gratos ao Inter. O clube marcou a sua vida e tornou-o rico e famoso. Mas, de acordo com ela, agora é hora de virar a página e começar de novo para voltar a ser um dos grandes atacantes do mundo:

- Meu filho vai fazer isso, tenho certeza. Vai vencer o desafio, ele e seu Roma ressuscitarão. Adriano hoje é um novo homem, uma pessoa com a cabeça no lugar.

Fonte: Globo Esporte, www.globoesporte.com