Médico: Adriano sentiu "pedrada" e na hora percebeu gravidade

Médico: Adriano sentiu "pedrada" e na hora percebeu gravidade

Adriano sofreu ruptura total do tendão de Aquiles de seu tornozelo

O médico do Corinthians, Joaquim Grava, deu mais detalhes nesta terça-feira sobre a lesão sofrida pelo atacante Adriano durante treinamento pelo clube. Em entrevista à rádio Bandeirantes, Grava explicou que o jogador será operado às 7h30 desta quarta-feira no Hospital São Luiz, em São Paulo, para se recuperar da ruptura total do tendão de Aquiles de seu tornozelo. Apesar de não ser "muito comum no futebol", segundo o médico, o jogador poderá iniciar sua fisioterapia já em quatro semanas, para de fato voltar a jogar em cinco meses. "Em média (...), são cinco meses. Dependendo da evolução, da reação de cada um, podemos abaixar esse tempo aí", disse.

"Ele estava no treinamento, no campo, em treinamento de salto e arranque. Nesse treinamento, que se faz normalmente, o atleta sentiu como se fosse uma pedrada, que é mais ou menos a mesma queixa de todas as pessoas que sentem o tendão de Aquiles. Aí já falou para o Bruno (Mazziotti, fisioterapeuta): "estourou alguma coisa". Já foi feito no próprio CT uma ultrassonografia, que constatou a lesão", detalhou Joaquim Grava, explicando que o exercício era leve e que o peso do jogador não influenciou na lesão. "Não é muito comum, mas é uma ruptura que existe dentro do futebol, mesmo você não tendo fatores predisponentes. Pode ser excesso de velocidade, pode ser que o músculo não suportou", exemplificou.

Mais notícias

Fonte: AE/G1