Afastado, Fabinho critica método de trabalho de Cuca

"O Cuca é uma pessoa que dificilmente conversa com a gente"

Afastado do time desde o Fla x Flu do segundo turno do Campeonato Brasileiro, quando falhou no lance do primeiro gol de Adriano, Fabinho, em entrevista à Rádio Brasil, criticou o modo de trabalho do treinador Cuca.

"O Cuca é uma pessoa que dificilmente conversa com a gente. Os auxiliares é que falam. Claro que ele deixa as portas abertas para nós jogadores, mas age de uma forma diferente. Afastou o Luiz Alberto e Paulo César também, os jogadores mais experientes. A gente não sabe o que acontece", disse Fabinho, com relação à barração do time, explicando, em seguida, aquele clássico.

"Aconteceram vários lances naquele jogo. No primeiro gol eu não fui bem, já no segundo eu não prejudiquei. Infelizmente só analisam um jogo. Tive muitos momentos e felicidade no Fluminense. Fui campeão pelo Fluminense".

Fabinho, incomodado com o fato de não estar jogando, ainda utilizou seu currículo para justificar um lugar na equipe.

"Qual jogador se incomodaria (por não jogar). Sou campeão Mundial, do Brasileiro, da Libertadores. A gente sabe que dentro de campo poderia ajudar, mas tenho que respeitar as decisões, sempre", afirmou.

Fonte: Terra, www.terra.com.br