"Ainda abalado", posta Ronaldinho Gaúcho após 6 a 0 do Galo

Via Twitter, craque do Atlético-MG fala sobre emoção de marcar três vezes na goleada sobre o Figueirense por 6 a 0

Destaque na goleada por 6 a 0 sobre o Figueirense com três gols e duas assistências, Ronaldinho Gaúcho dedicou sua atuação irreparável ao padastro Vanderlei, que morreu às vésperas da partida disputada neste sábado, no Estádio Independência, em Belo Horizonte.

O craque utilizou o Twitter para justificar o choro após o primeiro gol. Na comemoração, muitas lágrimas. No chão, foi abraçado pelos companheiros. A torcida delirava. Ronaldo chorava. O jogador também passa por um drama com a mãe, Dona Miguelina, que luta contra um câncer.

- Muito triste com a perda de meu padrasto Vanderlei. Joguei hoje ainda abalado. Não foi fácil, mas queria homenageá-lo com uma grande atuação. Dedico a ele e a minha família os gols de hoje (sábado) e agradeço pelas mensagens de carinho que recebemos. A lacuna que ele deixa é irreparável - postou na rede social.

Cuca celebra início de outubro com a "volta da confiança"

Ganhar de 6 a 0 deixa qualquer treinador feliz. Para o técnico Cuca, mais prazeiroso do que o placar elástico foi confirmar que a confiança voltou aos jogadores do Atlético-MG. O time vinha de uma sequência de quatro partidas sem vitória e, jogando em casa, onde ainda não perdeu neste Campeonato Brasileiro, conquistou importantes três pontos. Resultado que não deixou o líder Fluminense abrir mais distância - o time carioca também venceu na rodada.

- Quando falei que o mês de setembro seria ruim, o pessoal até fez brincadeira. Não tenho nada contra o mês de setembro, pelo contrário. Só disse que era um mês de jogos ruins: de oito, eram cinco fora de casa. E complicados. O de outubro será melhor: de seis, quatro em casa. Começamos muito bem, vamos procurar dar sequência contra o Inter e o Sport. É, de novo, a volta da confiança.

Cuca destaca que, em nenhum momento, o Galo menosprezou o adversário. Foi superior, criou muito mais oportunidades e soube aproveitar boa parte delas.

- Foi uma partida muito convincente. Fizemos seis, poderíamos ter feito mais. Em momento algum desprezamos o adversário. Jogamos muito bem, como quem quer chegar ao título. Tem que ser jogo a jogo assim. Pode ser sem goleada, mas com entrega. Quanto mais joga bem, mais confiança o jogador tem. Fizemos gols lindos, isso dá confiança. Reassumimos o melhor ataque da competição. Somos a segunda melhor defesa. A equipe está equilibrada e este jogo retoma a confiança de todos.

O próximo compromisso do Galo será nesta quarta-feira, contra o Internacional, no Beira-Rio, às 22h (de Brasília).

Fonte: GloboEsporte.com